Internacional

O que o torcedor do Inter espera que a diretoria esteja pesando na tentativa de contratar Daniel Alves

Fabio Utz
Atleta é um nome de peso à disposição do mercado
Atleta é um nome de peso à disposição do mercado / Abbie Parr/Getty Images
facebooktwitterreddit

Entre 'agregar' e 'necessitar' há muita diferença. E é justamente essa pesagem que o torcedor do Inter espera que a direção do clube esteja fazendo com a tentativa de contratar Daniel Alves.

Obviamente, um jogador com o seu histórico e com a sua capacidade técnica e de liderança tende a trazer benefícios para qualquer elenco e para qualquer clube - é bem verdade que no São Paulo isso não aconteceu a contento, muito embora se saiba dos problemas de pagamento envolvidos. Mesmo aos 38 anos, o profissional Daniel Alves, na sua posição, ainda está muito acima dos demais e, na plenitude da forma, seria titular no Colorado e em qualquer equipe do país.

Daniel Alves Mercado Investimento Inter Internacional Elenco
Daniel Alves, recentemente, rescindiu com o São Paulo / Pool/Getty Images

Agora, é preciso fazer este investimento? O lateral vai mudar o elenco de patamar a ponto de fazê-lo brigar por grandes títulos? Se uma contratação deste porte, que não é barata, inviabiliza logo ali na frente, por exemplo, a compra de um meio-campista ou de um atacante que fatalmente será necessário, o Inter precisa pensar duas vezes.

O Colorado não está em condições de ousar a ponto de abrir mão de um homem decisivo para levar para o Beira-Rio, simplesmente, um nome de peso, ainda mais com exigências que fatalmente são feitas. Faço novamente essa diferenciação. Neste momento, o Inter não precisa de 'mídia' e de ficar à mercê de desejos de um jogador. A hora é de pensar (e bem) no todo. Se uma eventual contratação de Daniel Alves não irá frear projetos futuros, bem, que se faça. Do contrário, que se pare e se coloque a mão na consciência.

Para mais notícias do Internacional, clique aqui.

facebooktwitterreddit