Opinião

O que Mancini precisa fazer (ou não fazer) para que o Grêmio tenha chances de vencer o Corinthians

Fabio Utz
Entrada de Jhonata Robert é a única alteração necessária
Entrada de Jhonata Robert é a única alteração necessária / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O que Vagner Mancini precisa fazer para que o time do Grêmio tenha chance de vencer o Corinthians, domingo, na Neo Química Arena, e dar um passo considerado decisivo na tentativa de fugir do rebaixamento no Brasileirão? É simples: não inventar.

Algumas escolhas do treinador, recentemente, foram bastante questionadas. Ninguém entendeu a escalação que ele utilizou diante do Bahia, por exemplo. Pois agora, mesmo perdendo Douglas Costa, tem a oportunidade de se redimir. Se a escolha é por Jhonata Robert, que confirme ele de uma vez - e não fique no 'talvez' ou 'possivelmente'.

Vagner Mancini Técnico Grêmio Campeonato Brasileiro Z-4 Rebaixamento
Treinador chega ao momento mais decisivo da temporada / Silvio Avila/GettyImages

Não há motivo algum para esconder, a menos que ele esteja planejando alguma surpresa que, certamente, desagradaria ao torcedor - Alisson? Três volantes com Campaz do lado?. Não, não precisa isso. A hora é de fazer o simples.

Excetuando essa obrigatória alteração, fazer voltar Cortez no lugar do motivado Diogo Barbosa, por exemplo, seria um erro. E isso vale até para Vanderson, que vem demonstrando um total descontrole emocional, na relação com Rafinha. O Tricolor foi muito bem contra o São Paulo (muito bem mesmo), consolidando sua melhor exibição no campeonato. Portanto, pensa bem nisso, Mancini, e não faça a esperança azul ruir depois de você próprio construir algo positivo no jogo desta quinta-feira.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

facebooktwitterreddit