Futebol Internacional

O que falta para Xavi acertar com o Barcelona?

Lucas Humberto
Delegação do Barcelona viajou até Doha para acertar os últimos detalhes da contratação de Xavi Hernández
Delegação do Barcelona viajou até Doha para acertar os últimos detalhes da contratação de Xavi Hernández / KARIM JAAFAR/GettyImages
facebooktwitterreddit

Quem está aguardando ansiosamente por novidades envolvendo Xavi Hernández e Barcelona pode comemorar. Segundo informações da imprensa estrangeira, Rafa Yuste e Mateu Alemany, vice-presidente e diretor de futebol do clube, viajaram até Doha para acertar os últimos detalhes da aguardada contratação. A intenção dos culés é anunciar a chegada do espanhol nos próximos dias.

Os membros da delegação blaugrana estarão presentes na partida entre Al-Sadd, time de Xavi, e Al-Duhail nesta quarta-feira (3). Posteriormente ao confronto, as partes envolvidas, que incluem Mohammed bin Hamad, dono da equipe do Catar, deverão se sentar para alinhar questões burocráticas.

Em termos pessoais com Xavi, as conversas estão avançadas mas, como ainda restam dois anos de contrato, será necessário chegar a um acordo. Conforme informações do jornal Sport, o vínculo de Xavi junto ao time da Catalunha será válido até 2024, com salário inferior ao que ele recebe hoje no Al-Sadd.

A publicação citada ainda revelou que não há necessidade do clube catalão pagar qualquer indenização aos catarianos, restando apenas oficializar os últimos detalhes. A estreia do mais novo comandante poderá acontecer diante do arquirrival Espanyol, no dia 20 de novembro, em pleno Camp Nou.

Al-Sadd Xavi Hernández Barcelona
Treinador está vivendo seus últimos dias na área técnica do Al-Sadd / KARIM JAAFAR/GettyImages

A missão do treinador não será nada fácil. Sem vencer nas últimas três rodadas, o Barcelona se distanciou das primeiras colocações de LaLiga e, hoje, precisa primeiro se reabilitar antes de tentar alçar voos mais altos. Na Champions League, a situação está levemente mais confortável, visto que a vitória diante do Dínamo Kiev levou a equipe para a segunda colocação do Grupo E.

facebooktwitterreddit