O que está em jogo? Datas para a final do Gauchão continuam indefinidas

Jean Pyerre, Joao Paulo
Lucas Uebel/Getty Images

A grande final do Campeonato Gaúcho ainda não tem data definida. Grêmio e Caxias junto à Federação Gaúcha de Futebol (FGF) procuram a melhor opção para se adequar ao calendário nacional, mas existem divergências entres os clubes e federação. Uma reunião está marcada para esta quinta, 06, para definir os dias dos jogos e o formato da final.

No regulamento da competição está previsto final em dois jogos, ida e volta, entre o ganhador do primeiro turno (Caxias) e o vencedor do segundo turno (Grêmio), com a grande final na casa do time de melhor campanha, neste caso o Grêmio.

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e o Caxias já expressaram o desejo de encerrar a competição em um jogo único a ser realizado neste final de semana, aproveitando a flexibilização da CBF, que permite o adiamento da primeira rodada se for a última partida da final do estadual. Mas o Caxias não abre mão de jogar no Centenário, ou, ao menos em campo neutro, já a FGF sugere final em jogo único na Arena do Grêmio.

Ontem na entrevista coletiva após a vitória no Gre-Nal, Renato falou que o Grêmio trabalha com a possibilidade de uma final em dois jogos, como manda o regulamento. Os jogos seriam disputados nos dias 26 e 29 de agosto, quarta e sábado respectivamente. De acordo com estas datas, o jogo contra o Fluminense, válido pela primeira rodada do Brasileirão, segue confirmado para este domingo.

"Eu estive conversando com o presidente e doutor Paulo (Luz, vice de futebol). São dois jogos, tem que ser dois jogos. Um jogo só é muito perigoso. Pode ser que teu time que não esteja no dia dele e perde o jogo (sic), o título. Não tem essa de uma partida só. E pelo o que soube, as datas são 26 e 29. Mas quem pode confirmar é a direção. Sei que temos dois jogos pela frente", disse Renato Portaluppi.

Renato Portaluppi
Lucas Uebel/Getty Images

Caso se confirme a final em dois jogos, nos dias 26 e 29 de agosto, o Tricolor só teria que adiar um jogo do Brasileirão, contra o Goiais, marcado para o dia 30 de agosto. A primeira data proposta pelo Grêmio, dia 26, é uma rodada da Copa do Brasil, que o Grêmio terá livre, pois ainda não está disputando a competição.