Futebol brasileiro

O que a Seleção Brasileira tem em comum com os clubes das quartas de final do Paulistão?

Bia Palumbo
Cria do Ituano, Martinelli é um dos convocados por Tite para a data Fifa de março
Cria do Ituano, Martinelli é um dos convocados por Tite para a data Fifa de março / Alex Pantling/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nesta semana terá muita bola rolando pelos gramados brasileiros, como por exemplo o jogo da Seleção Brasileira contra o Chile no Maracanã e confrontos decisivos pelos torneios estaduais, como é o caso do Campeonato Paulista.

Oito clubes seguem na disputa pelo título conquistado pelo São Paulo em 2021, então separamos alguns pontos em comum entre a canarinho e um representante de cada quadrifinalista do torneio regional realizado em São Paulo. O resultado você confere a seguir:

1. Guarani

Técnico da Seleção Brasileira, Tite jogou no Bugre entre 1984 a 1988, período em que conciliou a carreira com a faculdade de Educação Física na PUC Campinas. Ele estreou contra o Santos e se despediu diante do San Lorenzo, contabilizando Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores. O único gol com a camisa alviverde foi marcante não só para ele quanto para o time em si, visto que a cabeçada que estufou a rede do goleiro Acácio selou a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco.

2. Ituano

Uma das novidades da convocação atual é Gabriel Martinelli, atacante do Arsenal que iniciou a trajetória profissional no Galo de Itu. Ele defende o clube londrino desde julho de 2019 e neste período foram 17 gols e oito assistências em 74 jogos, sendo 44 como titular. Além disso ele recebeu sete cartões amarelos.

3. Santo André

Palco de Brasil e Chile, o último jogo da seleção canarinho em solo tupiniquim antes da Copa do Mundo do Catar, o Maracanã recebeu aquele que é tido por muitos torcedores o maior jogo da história do Ramalhão, a decisão da Copa do Brasil de 2004 diante do Flamengo. Uma vitória por 2 a 0 com gols de Sandro Gaúcho e Osmar.

4. São Bernardo

O Tigre do ABC paulista foi fundado em 20 de dezembro de 2004 e neste dia, 12 anos antes, Cesar Sampaio (atual auxiliar técnico de Tite) era o meio-campista do Palmeiras que perdeu o título do Campeonato Paulista para o São Paulo, curiosamente o adversário do aurinegro nas quartas de final de 2022

facebooktwitterreddit