O fim de uma era: Joachim Löw vai deixar o comando da Alemanha

Antonio Mota
Mar 9, 2021, 9:39 AM GMT-3
Joachim Löw vai deixar o comando da Alemanha após 15 anos e muita história. “Eu tomo esse passo conscientemente, cheio de orgulho e enorme gratidão”.
Joachim Löw vai deixar o comando da Alemanha após 15 anos e muita história. “Eu tomo esse passo conscientemente, cheio de orgulho e enorme gratidão”. | Handout/Getty Images
facebooktwitterreddit

O fim de uma era na Alemanha e no futebol mundial. A Federação Alemã de Futebol (DFB) anunciou, na manhã desta terça-feira (9), que Joachim Löw vai deixar o cargo de treinador da seleção do país após a Eurocopa deste ano. O treinador tinha contrato com a entidade até o final do próximo ano, mas pediu para antecipar o término do vínculo.   

“Eu tomo esse passo conscientemente, cheio de orgulho e enorme gratidão, mas ao mesmo tempo continuo muito motivo para a próxima Eurocopa”, declarou o treinador. Aos 61 anos, Löw dedicou cerca de 17 anos de sua vida à Seleção Alemã, somando o período como auxiliar (2004/06) e treinador (2006 – até hoje), num período em que conquistou uma Copa do Mundo (2014) e uma Copa das Confederações (2017).

Joachim Low
Joachim Löw vai deixar o comando da Alemanha após quase 17 anos. | Soccrates Images/Getty Images

“É muito especial e uma honra estar envolvido com o meu país. Tenho orgulho de ter trabalhado com os melhores jogadores do país por quase 17 anos e colaborado para o desenvolvimento deles. Tive triunfos e derrotas, mas acima de tudo momentos mágicos – não só vencendo a Copa de 2014 no Brasil”, saliento Joachim Löw.

Cabe lembrar que, em novembro do ano passado, após uma vexatória derrota por 6 a 0 para a Espanha, Joachim Löw se reuniu com a direção da Federação Alemã para tratar de seu futuro no comando do país. Além disso, a Alemanha vem de três eliminações inesperadas: uma na Copa do Mundo de 2018 e outras duas na Liga das Nações.

“Tenho grande respeito pela decisão do Joachim Löw. A Federação sabe que ele é um dos melhores técnicos de futebol do mundo. Ele dirigiu a seleção por muitos anos não só por seu sucesso esportivo, mas por causa da sua empatia. Com esse pedido antecipado dele, teremos o tempo necessário para decidir com calma o nome de seu sucessor”, frisou Fritz Keller, presidente da DFB.

Integrante do Grupo F, a Alemanha vai estrear na Eurocopa 2020 no próximo dia 15 de junho, em Munique, contra a França. A Hungria e Portugal completam a chave.

As informações acima são do ge.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit