Números a serem valorizados! Grêmio fecha terceiro trimestre de 2020 com mais de R$ 25 milhões de superávit

Fabio Utz
Carlos Rodrigues/Getty Images
facebooktwitterreddit

A pandemia de coronavírus afetou as finanças do Grêmio? Com certeza. Mas não a ponto de fazer a política administrativa adotada nos últimos anos sair do prumo. O Tricolor divulgou os números do terceiro trimestre de 2020, tendo fechado o período com superávit de R$ 25,6 milhões.

Em julho, agosto e setembro o clube registrou um aporte de R$ 110 milhões em receitas, muito pela negociação envolvendo a ida de Everton Cebolinha para o Benfica. Como ainda vai receber, por exemplo, os valores oriundos da venda de Diego Rosa para o Grupo City, são estes números que possibilitaram o investimento que chega a mais de R$ 16 milhões em atletas como César Pinares e Diego Churín, recentemente contratados.

COMPRE AGORA: Obtenha a terceira camisa do Grêmio e muito mais na FutFanatics!

O Grêmio também valoriza outro ponto do demonstrativo contábil: "Apesar da relevante queda das receitas operacionais ao longo do ano, em virtude da crise econômica ocasionada pela pandemia, outro fator relevante a destacar é a redução do endividamento bancário do clube, que em 30 de setembro de 2020, totaliza aproximadamente R$ 8,6 milhões, sendo R$ 3,98 milhões a curto prazo e R$ 4,68 milhões a longo prazo". Os dados mostram, sim, uma estabilidade.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit