Botafogo

Nova casa? John Textor avalia Nilton Santos e revela procura do clube por terrenos no Rio de Janeiro

Antonio Mota
Ao falar sobre o Nilton Santos, John Textor, dono da SAF do Botafogo, diz que estádio “com pista olímpica em volta não é um estádio de futebol”.
Ao falar sobre o Nilton Santos, John Textor, dono da SAF do Botafogo, diz que estádio “com pista olímpica em volta não é um estádio de futebol”. / OLIVIER CHASSIGNOLE/GettyImages
facebooktwitterreddit

O empresário John Textor, dono de 90% da SAF do Botafogo, concedeu entrevista ao “Seleção SporTV” nesta quinta-feira, 23, e falou, entre outros assuntos, sobre o Estádio Nilton Santos. Em bate-papo, o cartola norte-americano disse que não enxerga o estádio como o mais adequado para o futuro do clube e revelou que procura espaço para a construção de uma nova casa para a equipe.

“Qualquer estádio construído com uma pista olímpica em volta não é um estádio de futebol”, iniciou. Textor ainda citou o estádio do Crystal Palace, da Inglaterra, como um bom exemplo. O Selhurst Park, em Londres, é pequeno, como destacou o empresário, mas se destaca pela posição da torcida.

O estádio do Crystal Palace é pequeno, não impressiona muito, mas a torcida está ali em cima. Tem uma energia, é uma maneira de se sentir conectado com o público, isso ajuda os jogadores. Ajuda na experiência de entretenimento dos torcedores, é disso que precisamos para o Botafogo, completou.

Botafogo Copa Brasil Estadio Engenhao Nilton Santos Brasileirao 2022
Torcida do Botafogo no Nilton Santos. / Buda Mendes/GettyImages

Em seguida, o dono da SAF do Botafogo revelou que pensou em modificar a estrutura do popular “Engenhão”, mas que o custo seria muito alto e que por isso decidiu procurar uma área para construir uma nova casa para o clube.

“O custo de conversão do Nilton Santos seria muito alto. Eu quero ver uma estrutura que tenha conexão entre o clube social e o clube de futebol. Uma instalação que tenha o estádio, as categorias de base, a parte social, tudo criando uma energia que impulsiona nossa equipe. É isso que cria um clube bem-sucedido. Estou olhando terrenos, eu diria que essa é minha principal meta no longo prazo, finalizou.

Vale destacar que, antes do início da “era John Textor”, o Botafogo conseguiu a prorrogação da concessão do Estádio Nilton Santos com a Prefeitura do Rio de Janeiro até 2051.

facebooktwitterreddit