Neymar volta aos treinos e Alex Sandro ainda preocupa Seleção Brasileira para encarar a Coreia do Sul

Bia Palumbo
Camisa 10 se machucou na estreia da Copa do Mundo, quando o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0
Camisa 10 se machucou na estreia da Copa do Mundo, quando o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0 / Ian MacNicol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Ícone da soul music, James Brown inspirou Neymar para atualizar seu status de saúde sobre a lesão no tornozelo direito sofrida na estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

"I feel good, I knew that I would now" foi a legenda utilizada pelo camisa 10 em publicação nas redes sociais que inclui fotos dele no treinamento realizado em Doha, no Catar. Nas imagens divulgadas pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), ele foi ao campo e trabalhou com bola usando os dois pés, sorrindo.

Neymar se machucou na estreia da Copa do Mundo, quando sofreu uma falta e seguiu em campo mesmo com dores, até que foi substituído. Ele saiu chorando, iniciou tratamento ainda no banco de reservas com aplicação de gelo para reduzir o inchaço e deixou o estádio mancando. Desde então ele tem realizado tratamento com fisioterapia em tempo integral.

Além dele a Seleção Brasileira possui mais jogadores no Departamento Médico. O lateral-direito Danilo também treinou e pode voltar contra a Coreia do Sul. Ele também machucou o tornozelo direito. Já o lateral-esquerdo Alex Sandro sofreu lesão muscular no quadril esquerdo e não apareceu no vídeo divulgado neste sábado (3).

Os casos mais graves são do lateral-esquerdo Alex Telles e do atacante Gabriel Jesus, com lesões no joelho direito, que devem ser operados e deixam o Catar nos próximos dias. O primeiro vai seguir a recuperação no Sevilla, onde atua desde agosto. Segundo nota oficial divulgada pelo clube, ele "sofreu uma ruptura parcial de grau 2/3 no ligamento lateral interno, além de uma parcial do ligamento cruzado posterior".

Já o destino do camisa 18 é a Inglaterra, onde será reavaliado pelos médicos do Arsenal. A previsão de retorno é de aproximadamente três meses, segundo o ge.

facebooktwitterreddit