Copa Libertadores

Nem Rigoni, nem Dudu: jovens se destacam em empate entre São Paulo e Palmeiras

Nathália Almeida
Luan abriu o placar para o São Paulo no Morumbi
Luan abriu o placar para o São Paulo no Morumbi / SEBASTIAO MOREIRA/Getty Images
facebooktwitterreddit

De um lado, Miranda, Dani Alves e Rigoni confirmados pelo São Paulo.
Do outro, Gustavo Gómez, Dudu e Rony escalados entre os titulares do Palmeiras.

O primeiro Choque-Rei das quartas de final da Conmebol Libertadores contou com duas equipes fortíssimas em campo, próximas daquilo que podemos pensar como "formações ideais". Com isso, o leque de heróis em potencial para este primeiro clássico da eliminatória foi reforçado, com expectativas altas pairando especialmente sobre os veteranos de cada elenco.

sao paulo palmeiras libertadores Daniel Alves
Dani Alves atuou por 90 minutos na partida decisiva / SEBASTIAO MOREIRA/Getty Images

Mas a noite parecia ser dos jovens talentos, com os dois gols da partida nascendo dos pés de crias das categorias de base de seus respectivos clubes: Luan abriu o placar para o Tricolor Paulista aos 9' do segundo tempo, após Rodrigo Nestor parar em duas grandes defesas de Weverton. Foi o terceiro gol do volante tricolor com a camisa são-paulina, sendo o segundo deles em clássicos contra o Verdão. Que estrela!

Mas por falar em ter estrela, que tal o responsável por empatar o placar no Morumbi? Patrick de Paula saiu do banco de reservas aos 23' do segundo tempo, e em um de seus primeiros toques na bola, aos 29', deixou tudo igual no marcador através de bela cobrança de falta.

Patrick de Paula
Patrick de Paula anotou o gol que selou o empate do Palmeiras / Pool/Getty Images

Palmeiras e São Paulo voltam a se enfrentar pelas quartas de final da Conmebol Libertadores na próxima terça-feira, dia 17 de agosto, no Allianz Parque. Por ter marcado um gol na casa de seu rival, o Verdão jogará por um empate sem gols em sua casa.

facebooktwitterreddit