Futebol Internacional

Croácia consegue vitória histórica, quebra recordes e elimina França da Nations League

Bia Palumbo
Luka Modric assumiu a responsabilidade e cobrou bem o pênalti que decidiu o jogo
Luka Modric assumiu a responsabilidade e cobrou bem o pênalti que decidiu o jogo / Eurasia Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Atual campeã da Nations League, a França tropeçou novamente no torneio ao perder por 1 a 0 para a Croácia no Stade de France. Luka Modric foi o autor do único gol da partida, de pênalti, enquanto Karim Benzema, seu colega de Real Madrid, estava em um dia pouco inspirado.

O gol foi aos 5 minutos de jogo, quando Konate pisou no pé de Budimir dentro da área e o árbitro apontou para a marca da cal sem precisar do auxílio do VAR. Titular na Nations League, o goleiro Maignan, do Milan, acertou o canto e chegou a tocar na bola antes de ela entrar, porém o chute de Modric foi preciso e balançou a 'bochecha' da rede.

Kamara saiu de campo no intervalo, substituído por Tchouaméni, considerada uma das principais revelações do futebol francês. Logo na primeira chance ele finalizou, mas o goleiro defendeu sem sustos. Pavard também voltou para o segundo tempo na vaga de Koundé, zagueiro que atuou improvisado na ala direita, porém nenhum deles conseguiu fazer com que os franceses reagissem na partida.

Além de vencer os franceses pela primeira vez na história, a Croácia também saiu de campo sem sofrer gols. A atual campeã do mundo não passava em branco desde novembro de 2020, quando empatou sem gols um amistoso diante da Finlândia. Eram 23 jogos balançando a rede pelo menos uma vez, a melhor sequência de todos os tempos.

Com dois pontos em quatro jogos, a equipe de Didier Deschamps segue na lanterna do grupo 1 e não tem mais chances de alcançar a líder Dinamarca, portanto deixou para trás o sonho do bicampeonato. Pior: os Bleus ainda correm risco de rebaixamento para a Liga B, considerada a segunda divisão do torneio.

facebooktwitterreddit