Atlético MG

Nacho no Galo: contratação tem mesmo status de Lucas Pratto, mas com investimento semelhante ao feito em Chará

Fabio Utz
Matthew Ashton - AMA/Getty Images
facebooktwitterreddit

É questão de tempo para o Atlético-MG oficializar a contratação do meia argentino Nacho Fernández, destaque absoluto de um River Plate que domina o cenário do futebol sul-americano nas últimas temporadas. Pois o Galo, ao comprar o jogador, faz ação semelhante à investida em Lucas Pratto, mas com valores equivalentes aos de Yimmi Chará e Matías Zaracho.

Pedro Vilela/Getty Images

Matéria do GE.Globo lembra que, quando o clube brasileiro tirou Pratto do Vélez Sarsfield, ao final de 2014, o centroavante também carregava o status de grande nome do futebol argentino - assim escolhido por jornalistas locais. Pois, agora, Nacho tem o respaldo de nomes consagrados do país vizinho ao Brasil. "Eu não tenho dúvidas de que Nacho é o melhor jogador do futebol argentino há muito tempo. Foi ele que complicou nossa vida e virou o jogo na final em Madrid. O culpado foi ele", resumiu Riquele, ídolo do Boca Juniors, em referência à decisão da Libertadores de 2018. O já falecido Diego Maradona, ainda em 2019, foi na mesma linha. "Se eu tivesse que escolher alguém que se destacasse na liga (argentina), seria Nacho. Ele tem uma camurça no pé", resumiu.

Pedro Vilela/Getty Images

O investimento, para os padrões do futebol brasileiro, é considerado fora da curva. Sem contar impostos, o Atlético-MG, através de seus mecenas, irá pagar US$ 6 milhões ao River pelo meia de 31 anos. Em moeda norte-americana, é exatamente o mesmo desembolso efetuado para se comprar o colombiano Chará, em 2018, e o argentino Zaracho, em 2020. Obviamente, há diferenças de cotação em real, algo que é compensado pelo status daquele que tem tudo para se tornar o novo ídolo da torcida alvinegra de Belo Horizonte.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit