Copa Libertadores

Na raça, Athletico-PR derruba o Palmeiras de forma heroica e se aproxima da final da Libertadores

Bia Palumbo
Alex Santana foi o artilheiro do jogo em Curitiba
Alex Santana foi o artilheiro do jogo em Curitiba / NELSON ALMEIDA/GettyImages
facebooktwitterreddit

A semifinal da Libertadores começou com um jogo emocionante em Athletico-PR e Palmeiras em Curitiba nesta terça-feira (30) e um gol de Alex Santana marcado no primeiro tempo colocou o Furacão em vantagem para disputar a segunda decisão da sua história.

O placar de 1 a 0 derrubou uma invencibilidade de 20 jogos do atual bicampeão como visitante no torneio e o time de Abel Ferreira também estava há 13 partidas sem perder na temporada.

Com isso, o Athletico-PR joga pelo empate na próxima terça (6), no Allianz Parque, enquanto o Alviverde Paulista precisa de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis ou ganhar por dois gols de diferença para ir à final.

O Palmeiras bem que tentou, mas a defesa capitaneada por Thiago Heleno passou segurança e o goleiro Bento também apareceu bem quando foi exigido, principalmente em cabeçada de Gustavo Gómez e finalização de Rony no fim.

O rubro-negro não ganhava do Palmeiras na Arena da Baixada há cinco anos e a vitória ainda foi construída na base da superação, visto que no segundo tempo os donos da casa perderam Hugo Moura expulso.

Minutos antes ele tinha sido advertido com o cartão amarelo ao cometer uma falta e desta vez foi derrubado por Bruno Tabata no meio de campo e, enquanto estava caído, deu um tapa na bola, mas o árbitro não tinha apitado e considerou toque de mão do jogador revelado no Flamengo. Um lance infeliz e um tanto bizarro do camisa 17. Indignado, o técnico Felipão reclamou e também foi para o vestiário mais cedo.

Tanto Abel quanto Felipão surpreenderam na escalação. Sem Danilo nem Scarpa, o alviverde entrou em campo com Flaco López como referência, deslocando Rony para o lado, e Gabriel Menino foi o escolhido para começar no meio. O argentino, aliás, perdeu um 'gol feito' ao tabelar com Dudu e chutar para fora quando ficou cara a cara com o goleiro logo aos 5 minutos de jogo.

Já o pentacampeão mundial escalou um trio no meio de campo com Hugo Moura, Fernandinho e Alex Santana, sacando David Terans, artilheiro do time, e no ataque lançou o trio Vitinho, Canobbio e Vitor Roque, acionando o experiente centroavante Pablo apenas no segundo tempo. E o novato formado no Cruzeiro teve participação decisiva ao dar assistência no gol de Alex Santana.

Antes do jogo da volta, Palmeiras e Athletico-PR atuam no final de semana pelo Brasileirão, mais precisamente no sábado (3), sendo que o Alviverde vai a Bragança Paulista encarar o Red Bull Bragantino e o Furacão recebe o Fluminense na Arena da Baixada.

facebooktwitterreddit