Champions League

Mister Europa! Carlo Ancelotti fatura quarto título e se isola como treinador com mais taças de Champions

Nathália Almeida
Ancelotti conquistou sua quarta Champions League
Ancelotti conquistou sua quarta Champions League / ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/GettyImages
facebooktwitterreddit

No futuro, quando perguntarem quais foram os pilares/destaques da conquista da 14ª taça de Champions League do Real Madrid - selada na noite deste sábado (28) após vitória por 1 a 0 sobre o Liverpool no Stade de France -, muitos torcedores citarão a performance épica de Thibaut Courtois ou o gol decisivo de Vinícius Júnior. O ano soberbo do centroavante Karim Benzema, favoritaço ao prêmio Bola de Ouro, também passeará na memória merengue. No entanto, o grande condutor desta iluminada campanha europeia atende por outro nome: Carlo Ancelotti.

Repatriado pelo gigante espanhol ao final da temporada 2020/21 - mais precisamente em junho do ano passado -, o experiente treinador italiano dominou o vestiário, montou o time blanco à sua cara e conduziu uma temporada nada menos do que espetacular em resultados, marcada pela difícil dobradinha LaLiga + Champions League. A conquista nacional aconteceu de forma natural e com muitas rodadas de antecedência, mas a taça continental veio com enredos épicos, especialmente nas quartas e semifinais contra Chelsea e Manchester City, respectivamente.

Carlo Ancelotti
Ancelotti tornou-se o maior campeão da história do torneio / Chris Brunskill/Fantasista/GettyImages

Com a conquista europeia celebrada na capital francesa, Carlo Ancelotti alcançou seu quarto título europeu, isolando-se como maior campeão da história do campeonato. Antes da bola rolar no Stade de France, ele aparecia empatado com Bob Paisley (tricampeão pelo Liverpool em 1977, 78 e 81) e Zinédine Zidane, que conquistou três taças consecutivas pelo Real (2016, 2017, 2018). Agora, o italiano figura sozinho, soberano, no topo do ranking de maiores vencedores do torneio de clubes mais importante do futebol mundial.

Vale lembrar que o italiano ainda tem dois títulos de Champions em seu currículo como jogador: ergueu a "Orelhuda" em 1989 e 1990, quando defendia a camisa do Milan.

facebooktwitterreddit