Futebol Internacional

Milan e Inter de Milão recusaram contratação de Cristiano Ronaldo, diz jornal

Nathália Almeida
Empresário de Cristiano Ronaldo o ofereceu para diversos clubes nesta janela
Empresário de Cristiano Ronaldo o ofereceu para diversos clubes nesta janela / Catherine Ivill/GettyImages
facebooktwitterreddit

Incomodado com os rumos de mercado tomados pelo Manchester United durante a intertemporada, Cristiano Ronaldo foi um dos astros que mais movimentou rumores na janela de transferências de verão, com seu nome sendo ligado a diversos gigantes do futebol europeu nas últimas semanas. Ainda que o camisa 7 não tenha revelado publicamente, seu desejo era deixar Old Trafford rumo a um clube que disputaria a Champions League em 2022/23, movimento que não se concretizou até aqui. Mas não foi por falta de tentativa de seu empresário, Jorge Mendes.

Segundo múltiplas fontes da imprensa europeia, o superagente do craque luso chegou a oferecê-lo para uma série de equipes que disputarão a Champions League, dentre elas o principal rival do United, Manchester City, e o poderoso Bayern de Munique, que pintava como o destino favorito de CR7. Mas não parou por aí: de acordo com a apuração do jornal Corriere dello Sport, Jorge Mendes abriu conversas com dois gigantes italianos, Milan e Inter de Milão, mas novamente as portas se mostraram fechadas para o cinco vezes melhor do mundo.

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo tentou negociar sua saída do Manchester United, mas não conseguiu / Nathan Stirk/GettyImages

Ainda de acordo com a fonte citada, o motivo para a recusa dos dois gigantes da Serie A Italiana foi financeiro: nenhum deles têm condições de arcar com os altos vencimentos do astro, que fatura, hoje, algo em torno de 45 milhões de euros brutos por temporada. Vale lembrar que CR7 defendeu a Juventus ao longo de três temporadas, com a Velha Senhora se endividando brutalmente para conseguir comportar os ganhos do camisa 7.

facebooktwitterreddit