Messi x Cristiano Ronaldo: quem tem mais Bolas de Ouro?

  • Messi e Cristiano Ronaldo estão no topo do ranking da Bola de Ouro
  • France Football revela ‘melhor do mundo’ nesta segunda, 30, em Paris; Messi é o favorito

Messi é o maior vencedor da história da Ballon d'Or.
Messi é o maior vencedor da história da Ballon d'Or. / FABRICE COFFRINI/GettyImages
facebooktwitterreddit

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo reinaram na batalha pela Bola de Ouro, renomada premiação concedida pela Revista France Football ao melhor jogador do mundo, nas últimas décadas, entre o fim dos anos 2000 e início da década de 2020. Nesse período, juntos, o camisa 10 e o camisa 7 conquistaram esse prêmio 12 vezes. Monstros!

Hoje no Inter Miami, dos Estados Unidos, Leo lidera o ranking da Ballon d'Or com folga. O meia-atacante de 36 anos já venceu o prêmio sete vezes (2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021). E detalhe, ele é o favorito a ficar com a condecoração este ano. Vale lembrar que a France Football vai entregar a premiação 2023 nesta segunda-feira, 30, em cerimônia de gala em Paris, na França.

Cristiano Ronaldo e Bolas de Ouro
CR7 venceu a Bola de Ouro cinco vezes. / PIERRE-PHILIPPE MARCOU/GettyImages

Cristiano Ronaldo, atacante do Al-Nassr, da Arábia Saudita, é o segundo maior vencedor da história da Bola de Ouro, com cinco títulos. O atacante de 38 anos ficou com o prêmio em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017.

Quantas Bolas de Ouro tem o Messi?

Favorito em 2023, Lionel Messi é o maior vencedor da história da Bola de Ouro. Até aqui, o camisa 10 do Inter Miami já venceu o prêmio sete vezes: 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021.

Quantas Bolas de Ouro tem o Cristiano Ronaldo?

Cristiano Ronaldo é um dos maiores vencedores da história da Bola de Ouro. Aliás, o camisa 7 do Al-Nassr, que já ficou com o prêmio em cinco oportunidades (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017), só está atrás de Messi no ranking da premiação.

Quem é o maior vencedor da Bola de Ouro?

Com sete títulos, Messi é o maior vencedor de todos os tempos da Bola de Ouro. O ídolo do Barcelona levou o prêmio em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021.