Transferências

Mercado da bola: quem pode sair e quem pode chegar ao Fluminense em 2023?

Nathália Almeida
Matheus Martins está se despedindo do Fluminense para atuar na Itália
Matheus Martins está se despedindo do Fluminense para atuar na Itália / Andre Borges/GettyImages
facebooktwitterreddit

Classificado diretamente para a fase de grupos da Copa Libertadores após uma boa temporada de 2022 - marcada pela conquista do Campeonato Carioca e pela campanha muito sólida no Brasileirão -, o Fluminense deve apostar na continuidade em 2023: segundo fontes independentes que cobrem o dia a dia do clube, cerca de 85% do atual elenco de Fernando Diniz deve ser mantido para o ano que vem, ou seja, poucas serão as chegadas e partidas nas Laranjeiras.

Há, no entanto, um número importante de jogadores em fim de contrato que devem deixar o Tricolor. E há, também, setores carentes que devem ser reforçados pela diretoria do Fluminense, visando uma nova temporada ainda mais competitiva. Com base nos rumores de mercado deste início de novembro, compilamos as prováveis idas e vindas envolvendo o Flu para 2023:


1. Possíveis saídas no Fluminense

Marcos Felipe
Marcos Felipe está insatisfeito com a condição de reserva / Buda Mendes/GettyImages

Marcos Felipe: apesar de ter contrato com o Tricolor até dezembro de 2023, o goleiro pode deixar o clube nesta janela. Insatisfeito com a condição de reserva, aparece no radar de clubes que buscam um novo arqueiro, como Bahia e São Paulo;

Matheus Ferraz: o zagueiro de 37 anos praticamente não atuou em 2022 em virtude de uma grave lesão e não deve mais vestir a camisa tricolor. Seu contrato expira ao final deste ano e não será renovado.

Wellington: assim como Ferraz, o volante de 31 anos tem vínculo com o Fluminense somente até dezembro deste ano e não está nos planos de Diniz para a próxima temporada.

Mario Pineida: contratado via empréstimo junto ao Barcelona-EQU, o lateral não convenceu em sua passagem pelas Laranjeiras e não permanecerá no clube carioca.

Yago Felipe: reserva em boa parte da temporada sob comando de Diniz, o volante recuperou espaço nesta reta final de ano mas, ainda assim, não é um titular inconstestável com o treinador. Seu futebol desperta interesse do São Paulo, que tende a formalizar uma oferta pelo atleta.

Nathan: o meia agrada Diniz e boa parte da torcida tricolor, mas o valor para sua aquisição em definitivo junto ao Atlético-MG é considerado alto. O Flu tentará negociar um novo empréstimo mas, neste momento, a tendência é que o armador retorne ao Galo.

Matheus Martins: o jovem atacante, cria de Xerém, fez seu último jogo pelo Fluminense no último domingo. Ele já está negociado à Udinese, clube que disputa a Serie A Italiana.

2. Possíveis chegadas no Fluminense

Reinaldo
Reinaldo está na mira do Tricolor Paulista / Miguel Schincariol/GettyImages

Reinaldo: desgastado com a torcida, o lateral-esquerdo não deve renovar seu vínculo com o São Paulo e aparece como um dos fortes candidatos a reforçar o Fluminense em 2023. Sua contratação, aliás, já teria sido avalizada por Fernando Diniz.

Juninho Capixaba: outro lateral-esquerdo ventilado no Fluminense, tem contrato de empréstimo junto ao Fortaleza somente até dezembro deste ano. Seu passe pertence ao Grêmio, que quer adquirir Biel, do Flu, em definitivo. Essa situação envolvendo o atacante pode culminar em uma facilitação do time gaúcho em liberar o defensor.

Keno: o experiente ponta não fez uma boa temporada no Galo em virtude das lesões e tem um salário considerado alto, o que explica a redução de seu prestígio nos corredores do clube mineiro. Nas Laranjeiras, é visto como um potencial substituto para o garoto Matheus Martins.

Lorenzo Faravelli: oferecido ao Fluminense através de seus empresários, o meio-campista de 29 anos tem seu nome estudado pela diretoria tricolor. Foi, em 2022, um dos pilares do Independiente del Valle-EQU, equipe que conquistou a Sul-Americana.

facebooktwitterreddit