Futebol Internacional

Mbappé nega que tenha colocado a saída de Neymar e outros nomes como condição para renovar com o PSG: “Fake”

Antonio Mota
Mbappé responde postagem sobre possível lista de dispensas que teria entregue ao PSG: “Fake”.
Mbappé responde postagem sobre possível lista de dispensas que teria entregue ao PSG: “Fake”. / John Berry/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Paris Saint-Germain frustrou os planos do Real Madrid e anunciou a renovação de Kylian Mbappé há mais de dez dias, no final do mês passado, mas, ainda assim, o assunto continua dando o que falar nos bastidores do futebol da Europa. Já na última quarta-feira, 1º, o tradicional Jornal “Mundo Deportivo”, da Espanha, publicou uma informação no mínimo polêmica acerca da permanência do camisa 7 na França.

Conforme a fonte citada, além da proposta econômica suculenta, o PSG também teria concedido outros benefícios a Mbappé, incluindo o direito de tomar decisões. Com a “caneta na mão”, o camisa 7 teria bolado uma lista com 14 nomes que deveriam deixar o Parque dos Príncipes. Ou seja, que não deveriam seguir no ambicioso projeto do clube.

Entre os nomes, os que mais chamaram atenção foram os do atacante Neymar e do técnico Mauricio Pochettino. Leandro Paredes, Mauro Icardi e outras figuras também estariam na lista. A informação do Mundo Deportivo, porém, foi negada por Mbappé, que respondeu a postagem com “Fake”. Veja:

Apesar de Mbappé negar existência de lista, o Paris Saint-Germain planeja chacoalhar o vestiário para a próxima temporada. Até aqui, ao menos uma mudança contundente já atingiu o clube: o diretor de futebol Leonardo foi desligado do cargo.  

facebooktwitterreddit