PSG

Mauricio Pochettino afirma que estrelas precisam se adaptar ao PSG e crava: “A orquestra tem que estar afinada”

Antonio Mota
Mauricio Pochettino abre o jogo sobre novas estrelas do PSG, futuro de Mbappé, Neymar e mais.
Mauricio Pochettino abre o jogo sobre novas estrelas do PSG, futuro de Mbappé, Neymar e mais. / John Berry/GettyImages
facebooktwitterreddit

Mauricio Pochettino concedeu uma entrevista à ‘Movistar+’ e abriu o jogo sobre o recheado e fervoroso vestiário do Paris Saint-Germain. Em bate-papo, o treinador falou que os novos astros do Parque dos Príncipes, como Sergio Ramos e Lionel Messi, precisam se adaptar à realidade do clube e também comentou sobre o futuro de Kylian Mbappé e a relação de Neymar com os companheiros de equipe.

Em entrevista, Pochettino afirmou que a realidade de Sergio Ramos, que ainda não pisou em campo desde que trocou o Real Madrid pelo PSG, talvez seja diferente da de anos atrás e que todos precisam trabalhar para encontrar uma versão melhor de si.  

“Talvez a realidade de Sergio Ramos seja diferente da de 2014, ou mesmo a de Messi e Neymar. Estes jogadores são grandes campeões, mas têm de se adaptar à realidade. Todos temos na cabeça que foram os melhores, mas têm de estar ao seu melhor nível. Se recuperarem esse rótulo, claro que podemos alcançar qualquer coisa. A nossa luta parte por encontrar a melhor versão de cada um. A orquestra tem que estar afinada, destacou Pochettino.

Sergio Ramos PSG
Sergio Ramos e outros jogadores precisarão se adaptar à realidade do PSG, afirmou Pochettino. / John Berry/GettyImages

Pochettino também comentou sobre o futuro de Kylian Mbappé, que aparece cada vez mais forte no radar do Real Madrid. “Sempre o vi firme no clube. A ideia é que ele continue conosco e sempre vi Mbappé tranquilo quanto a isso. É um grande profissional e respeitou sempre a sua situação contratual. O Kylian é um rapaz inteligente, é jovem, mas é maduro. Como futebolista é extraordinário. É um campeão do Mundo. É o presente e o futuro”.

O treinador do PSG falou ainda sobre a contratação de Messi na última janela de transferências e exaltou o camisa 30. “É uma figura mundial. Provavelmente o melhor de todos os tempos. Ter o Leo aqui foi um presente de uma vida. Ninguém esperava aquele final com o Barcelona, nem ele próprio. O presidente, o Leonardo e o clube em geral fizeram um grande trabalho para contratar Messi. Criou-se uma expetativa enorme em Paris e no mundo inteiro”, acrescentou Pochettino.

Lionel Messi, Leo Messi, Kylian Mbappe, Neymar Jr PSG
O trio MNM vai se encaixar naturalmente, acredita Pochettino. / John Berry/GettyImages

Por fim, Mauricio Pochettino falou sobre como Neymar é com os companheiros no PSG e garantiu que o trio MNM (Messi, Neymar e Mbappé) vai se encaixar naturalmente.

“[Neymar] tem uma grande relação com todos. Tem um grande coração. Na intimidade, é um rapaz sensível, gosta de abraçar toda a gente. Tem uma boa essência. Depois tem aquela característica competitiva, de lutador, selvagem, mas é um tipo fabuloso”, disse sobre o camisa10, antes de falar do tridente ofensivo do clube:

“O que mais gostam é da espontaneidade. Não buscam uma referência, mas naturalidade. Que possa estabelecer uma relação de confiança em que se sinta livre para dizer ao outro o que pensa e vice-versa. O treinador tem que buscar essa cumplicidade com o jogador e não enganá-lo. Assim, no vestiário, há privilégios pela natureza de um e de outros. São grandes nomes, mas o rendimento coletivo é o que dará a possibilidade de ganhar”, completou.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit