Mau relacionamento entre Guardiola e empresário não é empecilho para negociação do City por Haaland, diz jornal

Fabio Utz
Mar 1, 2021, 12:12 PM GMT-3
INA FASSBENDER/Getty Images
facebooktwitterreddit

Há cerca de 20 dias, o 90min noticiou, com exclusividade, a estratégia traçada pelo Manchester City para contratar Erling Haaland. Pois o clube, que prepara uma oferta de nada menos que 100 milhões de libras (quase R$ 780 milhões) pelo atacante do Borussia Dortmund, não acredita que o relacionamento ruim entre o técnico Pep Guadiola e o empresário do norueguês, Mino Raiola, possa atrapalhar as tratativas.

Shaun Botterill/Getty Images

Como destaca o The Mirror, os problemas entre Guardiola e Raiola vêm dos tempos em que o treinador ainda estava no Barcelona. À época, o agente alegou que o comandante tratava um de seus atletas, Zlatan Ibrahimovic, "como um cachorro". Porém, uma fonte do jornal lembrou que o espanhol também não era muito chegado a Dimitri Seluk, representate de Yaya Touré, e mesmo assim foi possível renovar o vínculo com o profissional.

Alexander Hassenstein/Getty Images

Haaland é tratado como prioridade na equipe inglesa para substituir o argentino Sergio Agüero, que ficará sem contrato no meio do ano e não tem sequência garantida no Etihad Stadium. O City também é um dos favoritos para contar com o futebol de Lionel Messi, que tende a deixar o Camp Nou ao final da atual temporada europeia.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit