Olimpíadas

Marta elogia o Brasil, mas cobra atenção: 'Precisa melhorar'

Lucas Humberto
Camisa 10 da seleção marcou um gol diante da Holanda
Camisa 10 da seleção marcou um gol diante da Holanda / Koki Nagahama/Getty Images
facebooktwitterreddit

Em uma das partidas mais equilibradas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a seleção brasileira feminina empatou com a Holanda. O placar de 3 a 3, construído com gols de Debinha, Marta e Ludmilla para as comandadas de Pia Sundhage, indica como foi a performance das jogadoras durante os 90 minutos: altíssimo nível de entrega.

Apesar do resultado ter sido positivo, sobretudo pelo fato de as holandesas serem as atuais vice-campeãs mundiais, Marta cobrou mais atenção. Em entrevista concedida após a partida, a camisa 10 destacou que a equipe não pode sofrer gols bobos, como aconteceu nos minutos iniciais do duelo.

""A gente sabia que seria um jogo difícil. Se a gente pensar em tudo o que fizemos durante a partida, acredito que fizemos um bom trabalho. Tem muita coisa que precisa melhorar, principalmente em relação ao gol que sofremos no início. Temos de estar atentas, pois contra uma equipe qualificada, como a Holanda, a gente precisa estar ligada o tempo inteiro. Conseguimos correr atrás e fazer os gols, foi um jogo equilibrado". "

Marta, sobre o desempenho da seleção

A meia-atacante ainda ressaltou a importância do resultado frente ao time nacional holandês: "No contexto geral da partida, acho que a gente conseguiu desempenhar um bom papel, contra uma das melhores equipes da atualidade. Estamos com o sentimento de que podemos fazer muito mais do que isso. Foi um jogo equilibrado e qualquer uma das equipes poderia ter vencido".

Marta Seleção feminina Brasil Tóquio Olimpíada
Camisa 10 foi às redes e teve atuação destacada / Koki Nagahama/Getty Images

Agora, a Canarinho se prepara para enfrentar a Zâmbia, na próxima terça-feira (27). A partida acontece às 8h30min de Brasília e marca o fim da primeira etapa da competição.

facebooktwitterreddit