Opinião

Marinho no Flamengo: os prós e contras desse negócio que agita o mercado da bola

Antonio Mota
Camisa 11 ainda não foi inscrito pelo Santos no Campeonato Paulista
Camisa 11 ainda não foi inscrito pelo Santos no Campeonato Paulista / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Em meio à arrastada “novela Michael”, o Flamengo mapeia o mercado em busca de um atacante de lado de campo para a sequência da temporada. Sem Kenedy, que regressou ao Chelsea, e com a iminente saída do artilheiro do time no último Brasileirão para o Al Hilal, da Arábia Saudita, o rubro-negro se deparou com um problema. Neste cenário, o Fla decidiu retomar conversas com um antigo alvo: o atacante Marinho, do Santos, como confirmou o vice-presidente do clube, Marcos Braz, após a vitória na estreia do Campeonato Carioca.

Embora não seja mais tão novo (31 anos) e tenha sofrido com muitos problemas físicos na última temporada, o camisa 11 é acima da média no Brasil e merece um voto de confiança, afinal, foi um dos melhores futebolistas em atividade na América do Sul há dois anos, em 2020, e ainda tem qualidade para ajudar qualquer clube no continente.

Além disso, em um ano tão estrangulado e repleto de pressão, o Fla precisa de jogadores prontos para decidir, como Marinho. 2022 não desponta como um bom ano para testes e apostas: é investir em quem pode dar resultados agora.

Conforme informações do “ge”, o clube da Gávea procurou o Peixe para saber quais são as condições para contratá-lo. Aos 31 anos, o atacante tem contrato até o final do ano e já deixou claro que quer mudar de ares.  

O Santos, por sua vez, não pretende facilitar para o Flamengo – mesmo que esteja disposto a negociar o extremo. O Alvinegro Praiano sabe da força financeira do rival carioca e faz jogo duro, buscando uma boa compensação financeira: pede 1,8 milhão de dólares (R$ 9,8 mi) para dar sequência nas conversas - a proposta rubro-negra seria de 1,5 milhão de dólares (R$ 8,1 mi). A novela continua.  

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit