Sul-Americana

Marcos Leonardo pede desculpa à torcida após queda do Santos na Sul-Americana: 'Não correspondemos'

Nathália Almeida
Santos, de Marcos Leonardo, foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo modesto Deportivo Táchira
Santos, de Marcos Leonardo, foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo modesto Deportivo Táchira / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Dono de uma das camisas mais pesadas das Américas, o Santos não fez valer a sua tradição na noite desta quarta-feira (6), sofrendo uma das eliminações mais vexatórias de sua história. Jogando em casa e contando com o apoio de seu torcedor que compareceu em bom número à Vila Belmiro, o Peixe sucumbiu nas penalidades para o modesto Deportivo Táchira, se despedindo de forma prematura da Copa Sul-Americana.

Além de ser o primeiro clube brasileiro a dar adeus neste mata-mata continental, o Santos de Bustos entrou para a história por uma marca negativa: se tornou a apenas o terceiro time brasileiro a ser eliminada por um rival venezuelano em jogos eliminatórios de torneios continentais. O primeiro foi o Bahia, eliminado na pré-Libertadores de 1964 pelo Deportivo Itália. O segundo foi o Botafogo, que caiu na Copa Conmebol em 1994, para o Minervén.

Santos v Deportivo Tachira - Copa CONMEBOL Sudamericana 2022
Torcedores do Santos presentes na Vila Belmiro protestaram por mau momento do clube / Ricardo Moreira/GettyImages

Muito mal nos 45 minutos iniciais, o Peixe sofreu o primeiro gol do jogo logo aos 27, com Anthony Uribe. A expulsão de Rodrigo Fernández na reta final do primeiro tempo deixou a missão alvinegra ainda mais difícil, afinal, precisaria virar o jogo com um atleta a menos para se classificar às quartas. Marcos Leonardo, na metade da etapa final, foi às redes e renovou as esperanças do torcedor santista, mas o empate por 1 a 1 no tempo regulamentar levou a decisão para as penalidades. Da marca da cal, Ricardo Goulart e Lucas Barbosa desperdiçaram, selando a queda do time da casa.

Em entrevista concedida após o encerramento da partida, Marcos Leonardo pediu desculpas ao torcedor santista e pediu apoio das arquibancadas para a sequência da temporada.

"É difícil falar num momento delicado como esse. Ainda mais jogando dentro de casa, torcida compareceu e não correspondemos. É levantar a cabeça, pedir desculpa para a torcida e seguir. Já tem Brasileirão e Copa do Brasil. Pedir para a torcida apoiar para darmos a volta por cima. Agradecer a todos. Infelizmente a classificação não veio, sofremos todos juntos."

Marcos Leonardo
Marcos Leonardo, Edisson Restrepo
Deportivo Táchira fez história na Vila Belmiro / Ricardo Moreira/GettyImages

O Santos volta a campo no próximo domingo (10), quando encara o Atlético-GO, pela Série A.

facebooktwitterreddit