Flamengo

Marcos Braz e Landim falam sobre acidente de trânsito de Ramon, que atropelou um ciclista no Rio de Janeiro

Antonio Mota
O lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, se envolveu em um acidente de trânsito no Rio de Janeiro. Dirigentes do Fla expõem apoio ao jovem.
O lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, se envolveu em um acidente de trânsito no Rio de Janeiro. Dirigentes do Fla expõem apoio ao jovem. / Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, atropelou um ciclista, que morreu, na noite do último sábado, 4, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O acidente aconteceu durante as eleições presidências do Rubro-Negro, que acabaram com a reeleição de Rodolfo Landim. Em entrevista, o vice-presidente Marcos Braz falou sobre o acidente e revelou que o lateral chamou a ambulância, solicitou atendimento e, depois, se apresentou na delegacia.

Já conversei com o Ramon. Eu não tenho as informações ainda para poder passar para vocês ou saber se as informações são corretas. O que eu posso falar é que o atleta, dentro do possível, dentro de uma situação dessa, estava tranquilo, chateado, triste”, afirmou o VP do Flamengo, antes de passar algumas informações sobre o acidente:  

Mas parece que ele parou, chamou a ambulância e o bombeiro, não sei quem chegou. Ele se apresentou a delegacia com o advogado. Dentro desse problema, parece que fez todos os procedimentos que qualquer outro cidadão de bem teria que fazer. Se tiverem lá, eu vou sair e ir direto para a delegacia”, completou.

Além do VP, Landim também comentou sobre o acidente e lamentou, falando ainda que o Flamengo vai prestar todo o apoio necessário ao lateral. O cartola ainda atestou que o jogador, com base nas informações que recebeu, teve uma atitude exemplar dentro de uma situação como esta.  

“Estava ali no meio da contagem dos votos quando alguém chegou para mim e comentou isso. Claro que a gente fica muito triste com tudo isso. A gente não sabe nem em que condições isso aconteceu. Mas, pelas poucas informações que eu recebi, o atleta, que é exemplar, teve um comportamento, pelo que eu soube, exemplar em situações como essa. É óbvio que vamos prestar todo o apoio que ele necessitar”, declarou o presidente.

O acidente

Formado no próprio Flamengo, Ramon atropelou um ciclista na noite do último sábado, 4, na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Conforme o “ge”, o lateral chamou ambulância e solicitou atendimento à vítima, que acabou morrendo a caminho do hospital.  

Após solicitar ajuda para o ciclista, Ramon se apresentou na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca. O lateral foi liberado após prestar depoimento.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit