Futebol Internacional

Marcelo se emociona em despedida do Real Madrid e projeta futuro da equipe: 'Promissor'

Antonio Mota
Marcelo se despediu do Real Madrid em evento nesta segunda-feira, 13, após 15 anos. Lateral fala em “dia feliz” por deixar legado.
Marcelo se despediu do Real Madrid em evento nesta segunda-feira, 13, após 15 anos. Lateral fala em “dia feliz” por deixar legado. / PIERRE-PHILIPPE MARCOU/GettyImages
facebooktwitterreddit

O lateral-esquerdo Marcelo se despediu do Real Madrid nesta segunda-feira, 13, após 15 anos de união e conquistas. Em evento realizado no Santiago Bernabéu, na capital da Espanha, o camisa 12 falou sobre o momento e não escondeu a emoção, mas disse estar vivendo um dia muito feliz por saber que deixa um legado no clube.

Com o coração aberto e os olhos cheios de lágrimas, Marcelo agradeceu a todo que fizeram parte da sua história do Real Madrid, lembrando de funcionários, jogadores, dirigentes, família e bichos de estimação, e destacou a sua evolução na equipe. “Quando saí do Brasil, tinha em mente jogar na Europa, jogar a Champions League...”, antes de emendar:

"E agora quando saio do Real Madrid, saio como o jogador com mais títulos da história do melhor clube do mundo e isso é algo histórico."

completou Marcelo.

Na sequência, além de agradecer ao ex-capitão e atacante Raúl, Marcelo ainda comentou sobre a despedida e mostrou estar feliz. Hoje não é um dia triste, é um dia de alegria. Saio de cabeça erguida e com orgulho da minha família. Meus pais, meus avós e eu podemos olhar para o lado e pensar que tenho sorte”, declarou.

Por fim, o lendário camisa 12 mostrou otimismo em relação ao futuro do clube e cravou: "O Real Madrid tem um futuro muito promissor", finalizou. Marcelo ainda destacou aposentadoria e disse não pensar muito no futuro.

Aos 34 anos, Marcelo tem contrato com o Real Madrid até o final do mês, mas não renovará. Com isso, o ex-Fluminense vai encerrar jornada de 15 anos na Espanha, onde disputou 545 jogos, com 38 gols e 103 assistências, pela equipe merengue. Neste período, o brasileiro também se tornou o maior vencedor da história do clube, com 25 taças.

facebooktwitterreddit