Futebol Internacional

Manchester City confirma saída da Superliga Europeia; Chelsea deve ser o próximo

Nathália Almeida
Apr 20, 2021, 6:17 PM GMT-3
Torcedores do Chelsea protestam contra a Superliga Europeia
Torcedores do Chelsea protestam contra a Superliga Europeia / Chloe Knott - Danehouse/Getty Images
facebooktwitterreddit

A revolta da opinião pública, as críticas da imprensa especializada e a pressão dos protagonistas da bola parecem começar a surtir efeito: passadas apenas 48h desde sua fundação oficial, a polêmica Superliga Europeia já perdeu seu primeiro membro-fundador e caminha para perder outros.

Nas primeiras horas da tarde desta terça-feira (20), múltiplas fontes da imprensa britânica, dentre elas a 'BBC' e a 'Sky Sports' -, noticiaram que duas potências já estavam inclinadas a deixar o acordo: Manchester City e Chelsea. Pouco tempo depois, veio a primeira confirmação, com os Citizens usando suas plataformas para confirmar que está se retirando oficialmente da iniciativa.

"O Manchester City Football Club pode confirmar que promulgou formalmente os procedimentos para se retirar do grupo que desenvolve os planos de criação da Superliga Europeia", publicou.

O Chelsea deve seguir o mesmo caminho do City, especialmente após os efervescentes protestos realizados em Londres pela torcida azul. Milhares de torcedores dos Blues tomaram as ruas nesta tarde, em manifestação que contou com a presença do ídolo Petr Čech.

Presidente da UEFA se manifesta sobre decisão

ceferin uefa
Ceferin se pronunciou sobre decisão do City / KARIM JAAFAR/Getty Images

Menos de uma hora depois do City divulgar as suas intenções de deixar a Superliga Europeia, Aleksander Čeferin, presidente da UEFA, elogiou publicamente a atitude do clube inglês.

"Eles mostraram grande inteligência ao ouvir as muitas vozes - principalmente dos seus torcedores - que falaram a favor do atual sistema para todo o futebol europeu. É preciso coragem para admitir um erro, mas nunca duvidei que eles tivessem a capacidade e o bom senso para tomar essa decisão. O City é um grande ativo para o futebol e eu estou bastante satisfeito de trabalhar com eles por um futuro melhor para o futebol europeu", afirmou.

Mais informações em instantes...

facebooktwitterreddit