Futebol brasileiro

Aos 46 anos, Magno Alves anuncia aposentadoria; números do atacante o fizeram ídolo no Ceará e no Fluminense

Fabio Utz
Atacante fez história com a camisa do Fluminense
Atacante fez história com a camisa do Fluminense / Lucas Uebel/GettyImages
facebooktwitterreddit

A carreira profissional de Magno Alves chegou ao fim. Aos 46 anos, o agora ex-atacante anunciou sua aposentadoria do futebol.

Ídolo no Fluminense e no Ceará, ele iniciou sua trajetória em 1993 no Ratrans Esporte Clube, da Bahia. Porém, foi no Tricolor carioca, entre 1998 e 2002, que apareceu com sucesso, ganhando uma Copa Rio (1998), o Brasileirão da Série C (1999) e o Campeonato Carioca (2002). A partir de então, rodou pelo futebol asiático e do Oriente Médio antes de, em 2010, dar início à sua primeira passagem pelo Vozão. Em seguida, vestiu a camisa do Atlético-MG (2011).

Magno Alves Atacante Futebol Brasileiro Aposentadoria Carreira
Magno Alves atuou, também, fora do Brasil / KARIM JAAFAR/GettyImages

Ainda voltaria em outras duas oportunidades para o Ceará, ganhando três Campeonatos Cearenses (2013, 2014 e 2017) e uma Copa do Nordeste (2015). No Fluminense, jogou mais uma vez, sendo campeão da Primeira Liga (2016). Com 103 gols marcados, é o sexto maior artilheiro da história do Alvinegro de Fortaleza. No Flu, ocupa a 10ª posição da lista com 114 bolas na rede. Na carreira, acumulou 368 tentos em 783 partidas disputadas.

Seu último clube foi o Caucaia-CE. Agora, a ideia é fazer uma despedida no Castelão.

Para mais notícias do Ceará, clique aqui.

Para mais notícias do Fluminense, clique aqui.

facebooktwitterreddit