Luto no futebol: ex-volante revelado pelo Vasco, Coutinho morre aos 36 anos

Fabio Utz
Figueirense v Corinthians - Serie A
Figueirense v Corinthians - Serie A / Edu Andrade/Getty Images
facebooktwitterreddit

O futebol brasileiro está de luto pela inesperada e precoce morte de Rafael Coutinho, ex-volante revelado pelo Vasco da Gama. Ele sofreu um infarto fulminante neste domingo em Armação dos Búzios, Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Coutinho, que tinha apenas 36 anos, estava com a esposa e, logo após o almoço, se sentiu mal. Ainda deu tempo de ser socorrido e levado ao Hospital Municipal Dr, Rodolpho Perisse. Porém, não resistiu.

O ex-jogador, que desde que se aposentou vinha trabalhando junto com o empreśario Eduardo Uram, estreou no profissional em 2003, se tornando titular absoluto da equipe vascaína. Dois anos depois, foi emprestado ao Estrela da Amadora, de Portugal, para voltar a São Januário na temporada seguinte. Porém, não mais se firmou no clube. A partir de então, rodou por times como Botafogo, Figueirense, Fortaleza, Portuguesa, Tombense e Asa, até se aposentar, em 2018.

Para mais notícias do Vasco, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit