Libertad detona Conmebol e promete ir à Justiça após aval cedido ao Boca Juniors; entenda

Nathália Almeida
FBL-LIBERTADORES-MEDELLIN-LIBERTAD
FBL-LIBERTADORES-MEDELLIN-LIBERTAD / JOAQUIN SARMIENTO/Getty Images
facebooktwitterreddit

Após seis meses de paralisação e espera, a Conmebol Libertadores está de volta, mas não sem polêmica. Com a pandemia de coronavírus ainda longe de estar controlada no continente, a maior competição sul-americana já vive seu primeiro episódio delicado relativo à contaminação de atletas, caso que promete parar na Justiça.

Boca Juniors v Deportivo Independiente MedellÌn - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
Boca Juniors v Deportivo Independiente MedellÌn - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Marcelo Endelli/Getty Images

Como destaca o UOL Esportes, o Libertad (PAR) emitiu um comunicado oficial detonando a atitude da Conmebol, após a entidade autorizar a presença de jogadores recentemente positivados para coronavírus na delegação do Boca Juniors que viajará ao Paraguai. Na declaração, o clube de Assunção afirmou que não se recusará a entrar em campo, mas assegurou que tomará as medidas jurídicas cabíveis, alegando que a exceção aberta aos argentinos põe em risco a integridade de atletas e da população paraguaia, além de abrir um precedente perigoso.

"O Club Libertad expressa sua total indignação, repúdio e absoluta preocupação pelo tratamento diferenciado e favorável que se concede a essas pessoas em detrimento da saúde da população paraguaia (...) Por isso, o Clube Libertad anuncia que nas próximas horas tomará as ações judiciais cabíveis, a fim de salvaguardar a saúde e a própria vida não só dos sócios do clube, mas também de todos os nativos ou estrangeiros residentes no Paraguai", postou.

De acordo com a imprensa argentina, o surto de coronavírus no elenco profissional xeneize atingiu entre 14 e 18 jogadores, obrigando até mesmo a paralisação das atividades no clube durante a reta final do mês de agosto. Caso não haja nenhuma alteração no cronograma, Libertad e Boca Juniors se enfrentam na próxima quinta-feira (17), em La Nueva Olla.

facebooktwitterreddit