Premier League

Ameaçado na Premier League, Leeds United decide por demissão de Marcelo Bielsa

Nathália Almeida
Bielsa foi demitido do Leeds United
Bielsa foi demitido do Leeds United / Robbie Jay Barratt - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na manhã deste domingo, 27 de fevereiro, chegou ao fim uma das parcerias de sucesso que mais gerou frutos em solo inglês nos últimos três anos. Contratado para mudar o curso do Leeds United, o experiente e irreverente Marcelo Bielsa teve sua demissão confirmada pelo clube, em virtude do momento delicado vivido pela equipe na temporada.

Em seus três anos e meio de casa, Marcelo Bielsa levou grandes alegrias ao torcedor dos Whites, levando o clube aos playoffs da Championship na primeira temporada à frente da comissão técnica e obtendo o tão sonhado acesso à Premier League em seu segundo ano de cargo. E em seu primeiro ano na elite nacional, o Leeds de Bielsa também fez história: terminou a competição em nono lugar, garantindo a maior contagem de pontos por um time recém-promovido na Premier League desde a campanha de 2000/01.

A atual temporada, no entanto, vinha se provando altamente desafiadora para Marcelo Bielsa e seus comandados: com más atuações acumuladas, o Leeds hoje flerta com o rebaixamento, ocupando a 16ª colocação com apenas 23 pontos somados. O presidente do clube, Andrea Radrizzani, revelou que a decisão pela demissão foi tomada com grande pesar, em virtude da história de sucesso construída pelo argentino em seu período no Elland Road.

"Esta foi a decisão mais difícil que tive que tomar durante meu mandato no Leeds United, levando em conta todo o sucesso que Marcelo teve no clube. "

Andrea Radrizzani, presidente do Leeds

"Com Marcelo como nosso treinador principal, tivemos três campanhas incríveis e os bons momentos voltaram para Elland Road. Ele mudou a cultura do clube e trouxe uma mentalidade vencedora para todos nós. Os momentos criados, particularmente na temporada 2019/20 e na promoção vencedora para a Premier League, naturalmente viverão muito tempo em todas as nossas memórias, inclusive eu e os fãs. No entanto, tenho que agir no melhor interesse do clube e acredito que uma mudança é necessária agora para garantir nosso status de Premier League. Resultados e performances recentes não atenderam às nossas expectativas", afirmou.

Marcelo Bielsa
Bielsa levou grandes alegrias ao torcedor dos Leeds / Michael Regan/GettyImages

De acordo com o jornalista Fabrizio Romano, o favorito a assumir o cargo de treinador do Leeds United é o americano Jesse Marsch, recentemente demitido pelo RB Leipzig.

facebooktwitterreddit