Futebol brasileiro

Lateral-esquerdo vascaíno Edimar sofre ameaças de morte e vai à polícia

Matheus Nunes
Jogador lamentou o fato e recebeu apoio do clube
Jogador lamentou o fato e recebeu apoio do clube / Wanderson Gomes/O Fotografico/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Sofrendo ameaças de torcedores do Vasco nas redes sociais, o lateral-esquerdo Edimar foi à polícia nesta segunda-feira (12) prestar queixa contra os indivíduos. Os familiares do jogador também foram alvos das mensagens.

"Esse f.... da p... se arrasta em campo... Vou matar você e suas filhas. Vou deixa ele e vc ver eu estrangulado sua filha. Vou te esquartejar", escreveu um dos acusados para a esposa do camisa 6. Prints de conversas foram apresentados no Boletim de Ocorrência.

Além das mensagens em texto, foram enviadas para a mulher do lateral fotos de armas em tom de ameaça. O Vasco emitiu uma nota repudiando o acontecido. "O Vasco da Gama repudia veementemente as ameaças sofridas pelo lateral Edimar e seus familiares através das redes sociais nas últimas semanas. O clube reforça seu compromisso na luta contra todos os tipos de violência e informa que está dando todo suporte necessário ao atleta".

Edimar também utilizou as redes sociais para lamentar as ameaças sofridas e disse que o caso será investigado. "Antes de atleta, sou filho, marido e pai. E assim como qualquer pessoa, luto todos os dias para proteger e zelar por quem tanto amo".

facebooktwitterreddit