Brasileirao Série A

Lanterna, Fortaleza somou menos da metade dos pontos em relação ao primeiro turno de 2021 – compare

Nathália Almeida
Fortaleza terminou o primeiro turno do Brasileirão 2022 na lanterna
Fortaleza terminou o primeiro turno do Brasileirão 2022 na lanterna / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Sensação do futebol brasileiro em 2021, o Fortaleza vive um momento completamente oposto em comparação à euforia e encantamento da temporada passada. Enfrentando enormes dificuldades em transformar boas atuações em bons resultados, o Leão do Pici encerrou a sua participação no primeiro turno da Série A com um empate sem gols diante do Santos, neste domingo (25), resultado que recolocou a equipe de Vojvoda na lanterna do torneio nacional.

Com campanha de três vitórias, seis empates e dez derrotas, o Fortaleza conquistou apenas 15 dos 57 pontos disputados, aproveitamento irrisório de 26,3%. Trata-se, portanto, de uma queda drástica de rendimento em relação ao mesmo recorte temporal da temporada passada, quando o Tricolor de Aço terminou o primeiro turno com 33 pontos conquistados, dentro do G-4 do Brasileirão.

Juan Pablo Vojvoda
Vojvoda está pressionado no comando técnico do Fortaleza / Wagner Meier/GettyImages

Na ocasião, a equipe de Juan Pablo Vojvoda fez história, encerrando a primeira metade do torneio nacional com algumas marcas expressivas: melhor primeiro turno de um clube nordestino na era dos pontos corridos; segundo melhor mandante do torneio com 21 pontos somados em casa, atrás apenas do Palmeiras, com 22.

Com apenas 15 pontos conquistados em 19 rodadas, o Fortaleza terá que fazer um returno heroico para evitar o rebaixamento: estima-se que 45 pontos sejam suficientes para assegurar uma equipe na elite nacional. Isso significa que o Leão do Pici precisará de 30 pontos no returno, dobrando seu aproveitamento inicial (de 26,3% para mais de 50%). Será que dá?

facebooktwitterreddit