Futebol Internacional

Juventus, Napoli e outros nove clubes da Itália são alvos de investigação por suposta fraude contábil

Lucas Humberto
Ao todo, 11 clubes terão de responder à Justiça Esportiva por suposta fraude contábil
Ao todo, 11 clubes terão de responder à Justiça Esportiva por suposta fraude contábil / Marco Canoniero/GettyImages
facebooktwitterreddit

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou que 11 clubes do país terão de responder à Justiça Esportiva por suposta fraude contábil em algumas transferências de jogadores. Juventus e Napoli, gigantes do calcio, fazem parte do grupo.

Dusan Vlahovic Juventus Napoli
Velha Senhora tem longo histórico de questões judiciais / Marco Canoniero/GettyImages

De acordo com a entidade, as instituições esportivas são acusadas de terem "contabilizado mais-valias e direitos de transferência por valores superiores aos autorizados". Sampdoria, Genoa e Empoli são os outros envolvidos que estão disputando a elite italiana.

Parma e Pisa (segunda divisão), Pescara e Pro Vercelli (terceira divisão), além de Novara e Chievo Verona, que foram descontinuados, fecham o grupo dos 11. Todas as equipes correm risco de serem multadas.

Além de presidentes e dirigentes, cerca de 60 pessoas também estão sendo investigadas. Caso seja comprovada a culpa, os envolvidos podem ser punidos com suspensão. Vale lembrar que, desde novembro do ano passado, a Juventus está sendo investigada pela Justiça da Itália.

Napoli Juventus Série A Investigação Justiça Itália
Napoli também está sendo investigado / KONTROLAB/GettyImages

Segundo informações da promotoria de Turim, há suspeitas de que a Velha Senhora tenha fornecido informações falsas a investidores e gerado faturas por negociações que não existiram. Andrea Agnelli, presidente do clube, estaria diretamente envolvido. Mais punições vindo aí?

facebooktwitterreddit