Santos FC

Juventus dá aula de administração ao Santos nas negociações por Kaio Jorge

Lucas Humberto
Mesmo não comprando um atacante titular, Velha Senhora estrutura um excelente projeto a longo prazo
Mesmo não comprando um atacante titular, Velha Senhora estrutura um excelente projeto a longo prazo / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Saiu pela porta dos fundos? O flerte entre Kaio Jorge e times da Europa está longe de ser recente. Visto como uma joia desde os anos inicias da carreira, o atacante do Santos viu seu nome ser "catapultado" no Velho Continente depois da exibição de destaque na campanha santista da última temporada, que terminou com o vice-campeonato da Copa Libertadores.

Depois de múltiplos interesses, rumores de mercado e declarações atravessadas, a Juventus nem precisou mostrar todo seu poderio nos bastidores para vencer as tratativas. Aliás, apesar da necessidade de desembolsar certa quantia, a Velha Senhora sai triunfante dessa negociação, afinal, não esvaziou seus cofres para buscar um jogador cheio de potencial.

Nesse ponto, podemos avaliar a situação de duas maneiras: letargia administrativa e falta de apreço. O Alvinegro Praiano, maior conhecedor da qualidade inerente do seu atacante, poderia ter feito esforços maiores no que diz respeito à renovação contratual - certamente não às vésperas do vínculo chegar ao fim, mas alguns preciosos meses atrás. Kaio Jorge, por sua vez, poderia não ter dificultado tanto o processo, ainda que sua intenção fosse não permanecer na Vila Belmiro. Portanto, seremos categóricos: a má administração andou de mãos dadas com a falta de consideração.

No fim das contas, o Peixe ainda conseguiu um refugo: 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 18,5 milhões de reais) pela saída imediata, além de 1 milhão de euros (R$ 6,1 milhões) quando o centroavante atingir um determinado número de jogos e pela classificação para a Champions League. O montante, no entanto, poderia ser bem maior.

Oficializado na Juventus e rumo a Turim, o Menino da Vila de 19 anos não chega ser titular. Apesar do talento demonstrado no futebol sul-americano, as credenciais do atleta não são tão valiosas assim ao plantel de Massimiliano Allegri, que tem nomes imponentes nos metros finais, como Cristiano Ronaldo, Federico Chiesa, Paulo Dybala, entre outros. De qualquer forma, o brasileiro deve ganhar minutos importantes devido a grande quantidade de competições e outros integrantes do grupo que invariavelmente acabam passando por problemas físicos - o camisa 10 argentino que o diga.

Mesmo não planejando utilizá-lo como peça principal do elenco, a Velha Senhora deu uma aula de gerenciamento ao Santos e fez o que Andrés Rueda não conseguiu: assinou com um jovem promissor até 2026. Dessa forma, ainda que Kaio Jorge passe por sucessivos empréstimos, a equipe de Turim irá receber muito mais que um simples refugo.

Kaio Jorge Santos Benfica Juventus
Kaio Jorge também esteve no radar do Benfica, de Portugal / GUSTAVO ORTIZ/Getty Images
facebooktwitterreddit