Juventus confirma confinamento do elenco após novo caso positivo para covid-19

Nathália Almeida
AS Roma v Juventus - Serie A
AS Roma v Juventus - Serie A / DeFodi Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Dentre as cinco grandes ligas europeias, a Itália é quem mais vem sofrendo para retomar as atividades futebolísticas dentro de uma 'nova normalidade'. Passadas poucas semanas desde o pontapé inicial pela Serie A Tim 2020/21, diversos clubes da elite nacional já tiveram casos positivos para covid-19: Genoa, Napoli, Inter de Milão, Milan e agora a Juventus, com dois contaminados em seu elenco.

Além do craque Cristiano Ronaldo - que testou positivo enquanto defendia a Seleção de Portugal na Nations League -, a Velha Senhora confirmou um segundo caso em seu plantel profissional: o volante norte-americano Weston McKennie, de 22 anos. Os dois jogadores já estão em isolamento e só poderão retornar aos trabalhos em dez dias, apresentando um novo teste que esteja negativo.

AS Roma v Juventus - Serie A
AS Roma v Juventus - Serie A / Silvia Lore/Getty Images

Temendo que os dois casos se transformem em um surto de covid-19 no elenco bianconero, a Juventus estabeleceu rotina de confinamento em seu dia a dia. Como explica o Blog do Torcedor, esse protocolo consiste em manter os não-contaminados nas instalações do clube, treinando normalmente, mas sem contato algum com o exterior.

A mesma regra dos dez dias de isolamento utilizadas em solo italiano se aplica na UEFA, portanto, Cristiano Ronaldo e Weston McKennie são desfalques certos da Velha Senhora em sua estreia pela Champions League 2020/21: dia 20 de outubro, contra o Dínamo de Kiev, na Ucrânia.

facebooktwitterreddit