Seleção Brasileira

Júnior revela convite de Tite para trabalhar na Seleção e sai em defesa do treinador

Antonio Mota
Júnior revela convite de Tite para voltar à Seleção Brasileira. Ex-lateral defende treinador: “Não tem nada a ver".
Júnior revela convite de Tite para voltar à Seleção Brasileira. Ex-lateral defende treinador: “Não tem nada a ver". / Getty Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Grande ídolo da história do Flamengo e hoje comentarista da Rede Globo, o ex-lateral-esquerdo Júnior revelou durante participação no “Bem, Amigos”, do SporTV, na noite da última segunda-feira, 31, que foi convidado pelo técnico Tite para trabalhar na comissão técnica da Seleção Brasileira nesta reta final da corrida para a Copa do Mundo.

“Vou até cometer uma inconfidência. O Tite me chamou para trabalhar com ele nessa comissão técnica agora. Se fosse o ciclo de quatro anos teria balançado mesmo”, iniciou o Maestro, antes de explicar o motivo de ter recusado o convite: “Eu não posso trocar vinte e poucos anos de casa (referência à carreira de comentarista) por apenas um ano”, frisou.

Tite Seleção Brasileira Junior
Tite chamou Júnior para reforçar a comissão técnica da Seleção Brasileira. / Pedro Vilela/GettyImages

Júnior declarou ainda que ficou cerca de três horas conversando com Tite na sede da CBF e, por fim, defendeu o treinador das críticas e questionamentos por conta de uma suposta postura defensiva.  “Essa ideia de que as pessoas têm do Tite de cauteloso, defensivo, não tem nada a ver. Pelo menos o que me deixou ver nessa conversa”, finalizou.

Cria do Flamengo, Júnior passou grande parte da carreira no clube do Rio de Janeiro, mas também atuou por Torino e Pescara, ambos da Itália, além da Seleção Brasileira – com quem disputou duas Copas do Mundo. Após se aposentar, ele voltou à Seleção e trabalhou como observador/olheiro, em 1994.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit