Futebol brasileiro

Jorginho está fora e Cuiabá terá o quarto técnico desde o acesso à elite

Antonio Mota
Tetracampeão Jorginho ajudou o Cuiabá a seguir na elite do Campeonato Brasileiro, mas isso não foi suficiente para renovar contrato
Tetracampeão Jorginho ajudou o Cuiabá a seguir na elite do Campeonato Brasileiro, mas isso não foi suficiente para renovar contrato / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Cuiabá EC anunciou nesta quinta-feira (16) que não vai renovar o contrato do técnico Jorginho para a próxima temporada. Em nota, o Dourado não deu maiores informações sobre a saída do treinador, mas agradeceu pelos serviços prestados neste ano e desejou sorte ao profissional de 57 anos.

“O Cuiabá EC informa que não renovará o contrato do treinador Jorginho para a temporada 2022. O Cuiabá agradece pelos serviços de Jorginho no Campeonato Brasileiro deste ano e deseja sucesso no decorrer de sua carreira”, publicou o clube.

Jorginho chegou ao Cuiabá há pouco mais de cinco meses, no começo de julho, ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. De lá para cá, o treinador ajudou o clube a se manter na elite do futebol nacional e esteve à beira do campo em 31 partidas, com 10 vitórias, 13 empates e 8 derrotas – cerca de 46% de aproveitamento.

Após subir da Série B sob comando de Allan Aal, o Dourado estreou na elite do futebol nacional com Alberto Valentim, que foi campeão estadual e foi demitido após a rodada de estreia do Brasileirão. O treinador depois acertou com o Athletico-PR, onde foi campeão da Copa Sul-Americana e vice da Copa do Brasil. Em seguida, após período sem treinador, o Dourado apostou em Jorginho, que comandou o clube em 31 partidas na liga nacional.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit