Atlético MG

Jorge Jesus estaria propenso a dizer 'não' ao Atlético-MG – saiba os motivos

Fabio Utz
Treinador é o ficha 1 do clube mineiro desde a saída de Cuca
Treinador é o ficha 1 do clube mineiro desde a saída de Cuca / Gualter Fatia/GettyImages
facebooktwitterreddit

As conversas entre Atlético-MG e Jorge Jesus foram interrompidas na semana passada para serem retomadas a partir desta segunda-feira (3). Mas a informação que vem de Portugal é de que o treinador já tomou a decisão de não assumir o Galo.

Segundo o jornal Record, o profissional, depois de deixar o Benfica, se encontra bastante cansado em termos físicos e psicológicos. Além disso, sua intenção seria cumprir o que prometeu há algum tempo: de que, no Brasil, só trabalharia no Flamengo ou na Seleção. Assim, ele até já teria dado a entender ser essa a sua palavra final.

Os dirigentes alvinegros ainda devem buscar um convencimento a Jesus com base no projeto esportivo do Atlético-MG para 2022. O clube se consolidou com uma das forças do futebol brasileiro e, depois de ganhar a Série A e a Copa do Brasil, quer ir atrás de mais uma Libertadores.

Para isso, existe a promessa da manutenção de um elenco poderoso, capaz de brigar por todos os títulos em disputa na temporada. Carlos Carvalhal, do Braga, é opção de Rodrigo Caetano e companhia.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

facebooktwitterreddit