Botafogo

John Textor e as metas milionárias no Botafogo – saiba como se dará o investimento

Antonio Mota
Milionário vai desembolsar R$ 400 milhões
Milionário vai desembolsar R$ 400 milhões / Slaven Vlasic/GettyImages
facebooktwitterreddit

O empresário John Textor costurou um acordo com o Botafogo e está prestes a comprar 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do clube. Conforme o portal Lance!, o milionário vai desembolsar R$ 400 milhões para se tornar o “dono” da tradicional equipe do Rio de Janeiro. O contrato acertado entre os envolvidos, aliás, conta com várias cláusulas e garantias.

Segundo a fonte citada, o trato entre as partes prevê uma série de investidas para garantir a evolução nas finanças e na competitividade esportiva da equipe. Os termos garantem que Textor vai pagar R$ 150 milhões até a assinatura do contrato e também vai garantir um “orçamento mínimo” para o futebol alvinegro. A proposta seria aumentar em 50% a receita bruta da folha salarial em comparação ao ano anterior.     

Nesta direção, o Botafogo e Textor conversam sobre alguns pontos do negócio. Um dos itens em questão é que o empresário vai ter que pagar R$ 50 milhões ao Glorioso até cinco dias após a aprovação da venda da SAF, no dia 14, pela Assembleia Geral. A ideia é utilizar o adiantamento para cuidar das finanças da equipe e, também, para contratações na sequência da temporada.

Além disso, o contrato da tratativa também prevê um investimento de R$ 150 milhões nos primeiros meses da “nova era” da equipe. Veja abaixo a logística de pagamento da venda da SAF do Botafogo:

A venda da SAF do Botafogo

R$ 50 milhões cinco dias após aprovação em Assembleia

R$ 100 milhões na data da assinatura dos documentos definitivos

R$ 100 milhões um ano após a venda

R$ 100 milhões dois anos após a venda

R$ 50 milhões três anos após a venda

Vale notar que, dos R$ 400 milhões que serão investidos por John Textor, R$ 50 milhões (primeira parcela) vão diretamente para o Botafogo – a associação. Enquanto os outros R$ 350 milhões vão para a SAF, a qual vai pertencer majoritariamente ao empresário.

Os conselheiros e sócios em geral do Botafogo vão votar nestas questões na próxima semana. No dia 13, o Conselho Deliberativo vai se reunir para tratar do assunto. Já no dia seguinte, 14, a Assembleia Geral vai debater os últimos tópicos antes da chegada do empresário, o qual desembarca no Brasil na tarde desta sexta-feira (7).

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit