Jogadores históricos: Zinedine Zidane

Thomas Savoia
Tido como um dos algozes da Seleção Brasileira, Zidane tem uma legião de fãs pelo mundo devido à classe e à técnica com as quais tratava a bola.
Tido como um dos algozes da Seleção Brasileira, Zidane tem uma legião de fãs pelo mundo devido à classe e à técnica com as quais tratava a bola. / Tim de Waele/Getty Images
facebooktwitterreddit

Zinedine Zidane pode ser considerado um dos maiores personagens do futebol. O francês, que tem origem argelina, nasceu em Marselha na França em 1972. Começou a chamar atenção dos grandes clubes da Europa quando ainda atuava em times de pouca expressão e disputava campeonatos locais. Até finalmente, o Cannes levar a jovem promessa para um período de seis semanas de treinamento. E foi aí que sua jornada profissional no mundo futebolístico começou.

Zinedine Zidane
Zinedine Zidane / Shaun Botterill/Getty Images

Depois de duas temporadas e com o time rebaixado, outro grande da França foi atrás do craque, o Bordeaux, que pagou sete milhões de euros por seu passe. Mesmo o clube não vivendo sua melhor época, conseguiram chegar à final da Copa da UEFA em 1996, perdendo para o forte time do Bayern de Munique. Com isso, Zidane, que já fazia história pela seleção francesa a qual tinha estreado dois anos antes, despertava ainda mais interesse nos gigantes da Europa. O jogador disputou sua primeira Copa do Mundo em 1998 quando foi campeão em cima do Brasil por 3 a 0 anotando dois gols na final.

A briga para a contratação do craque era gigantesca. Sir Alex Ferguson, que na época ja treinava o Manchester United, acompanhou sua trajetória desde o começo e demonstrou interesse. Porém, quem venceu a disputa foi a tradicional Juventus de Turim. No período de quatro anos que atuou pela Juve, ganhou duas vezes o Campeonato Italiano, uma Supercopa da Itália, uma Supercopa da Europa, um Mundial de Clubes e uma Copa Intertoto. Na temporada de 97/98, seu objetivo era ganhar a Champions League, a qual tinha sido eliminado no ano anterior pelo Borussia Dortmund. Entretanto, nesse ano foi tão pouco diferente. Acabou sendo derrotado pelo Real Madrid na final. Ao final da temporada, depois de ter sido campeão do mundo com a França, sua frustração foi recompensada. Ele foi eleito Melhor Jogador do Mundo pela primeira vez pela FIFA e pela France Football.

FOOT-ZIDANE-BALLON OR
FOOT-ZIDANE-BALLON OR / JACQUES DEMARTHON/Getty Images

Posteriormente, a Juve não estava mais com o mesmo brilho e acabou não conquistando títulos. Ainda assim, Zidane não poupava seu talento. Em 2000, foi eleito novamente Melhor Jogador do Mundo pela FIFA após grande atuação na Eurocopa daquele ano. No ano seguinte foi contratado pelo Real Madrid, onde viveu sua melhor época na carreira.

Considerada "A Era Galática", o time espanhol contava com jogadores como Roberto Carlos, Figo, Beckham, Ronaldo e Raúl. Durante sua passagem pelos Merengues, conquistou uma Liga dos Campeões, um Campeonato Espanhol, duas Copas do Rei da Espanha, uma Supercopa da Europa e um Mundial de Clubes.

A Copa do Mundo de 2006 na Alemanha colocou um ponto final na carreira de Zizou. Naquela edição, a França eliminou o Brasil nas quartas de final por 1x0 com gol de Thierry Henry. Já na final, os Bleus abriram o placar com o camisa 10 mas a Itália conseguiu levar a partida para a prorrogação. Após desentendimento com Materazzi, Zidane acertou uma cabeçada no peito do italiano e acabou sendo expulso. A seleção italiana levou a melhor nos pênaltis (5x4) e conquistou a Copa do Mundo pela primeira vez em sua história. Mesmo após a derrota, o francês foi eleito melhor jogador daquela competição e mais tarde eleito Melhor Jogador do Mundo pela terceira vez.

FBL-WC2006-FRA-ITA-ZIDANE-MATERAZZI
FBL-WC2006-FRA-ITA-ZIDANE-MATERAZZI / JOHN MACDOUGALL/Getty Images

Em 2013, Zidane deus seus primeiros passos na carreira de treinador. Começou sendo auxiliar técnico de Carlos Ancelotti no Real Madrid. No ano seguinte, comandou o Real Madrid Castilla, o time B do Real. Com a saída do técnico Rafael Benitez do time principal em 2006, Zidane assumiu sua posição levando o time ao título europeu. Com essa conquista, Zizou se tornou o único a vencer a Champions como jogador, auxiliar técnico e treinador.

Após a conquista da terceira Champions seguida em 2018, Zidane informou que ia deixar o time espanhol em uma surpreendente entrevista coletiva. Em 2019, vindo de péssimos resultados no Campeonato Espanhol e de uma eliminação na Champions League pelo Ajax, a diretoria do clube anunciou a volta do ex-jogador no comando do time, onde está até hoje.

TOPSHOT-FBL-EUR-C1-LIVERPOOL-REAL MADRID
TOPSHOT-FBL-EUR-C1-LIVERPOOL-REAL MADRID / GENYA SAVILOV/Getty Images
facebooktwitterreddit