James Rodríguez pode jogar a Premier League, mas gigante inglês impõe condição para investir em meia do Real

James Rodriguez
Quality Sport Images/Getty Images

Com apenas 13 partidas disputadas e um gol marcado na atual temporada, James Rodríguez tem tudo para deixar o Real Madrid, e o Manchester United é um dos clubes dispostos a contratar o meia colombiano. No entanto, segundo o jornal Mundo Deportivo, a equipe inglesa impõe uma condição para viabilizar o negócio: a redução do valor.

James Rodriguez
Chris Brunskill Ltd/Getty Images

O United está preocupado com os reflexos econômicos causados pela pandemia de coronavírus e garante que, se não for em condições favoráveis e se os merengues permanecerem irredutíveis na pedida, não fará a transação. Aliás, James sequer é tratado como prioridade em Old Trafford, muito embora o apreço pelo seu futebol.

James Rodriguez
TF-Images/Getty Images

Para ter o colombiano, o clube conta até mesmo com uma certa pressão do atleta, o que abaixaria os custos da transferência. Afinal, sem protagonismo no Santiago Bernabéu, o profissional necessitaria de novos ares para voltar a mostrar um futebol que encantou a todos principalmente na Copa do Mundo de 2014. No entanto, os interesses de Everton e Atlético de Madrid seriam fatores a inflacionar a negociação. James está com 28 anos, tem contrato até o final de junho de 2021 e seu valor de mercado, segundo o site Transfermarkt, é 32 milhões de euros. Pelo Real Madrid, já acumula nove títulos, sendo duas Champions League.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.