Futebol Internacional

Inter de Milão quebra silêncio sobre futuro de Eriksen e fala em possível transferência

Lucas Humberto
Dispositivo implantado no coração do meia-atacante impede sua permanência no futebol italiano
Dispositivo implantado no coração do meia-atacante impede sua permanência no futebol italiano / Nicolò Campo/GettyImages
facebooktwitterreddit

Meses depois de sofrer uma parada cardíaca em plena Eurocopa, Christian Eriksen vê seu futuro longe do futebol italiano. A informação foi dada pela própria Inter de Milão em meio ao boletim financeiro. Como não há possibilidade de seguir no calcio, o time nerazzurri afirmou que existe chance de negociação.

"Embora as condições atuais do jogador não sejam tais que permitam a aptidão esportiva na Itália, o mesmo poderia ser alcançado em outros países onde, portanto, o jogador poderia retomar as competições. Com a possibilidade de obtenção de idoneidade esportiva temporariamente suspensa também na Itália, o grupo proceder à transferência do jogador para um time estrangeiro não está excluída."

Comunicado da Inter de Milão
Dinamarca Christian Eriksen Eurocopa Inter de Milão Transferência
Camisa 10 recebeu uma série de homenagens durante a Euro / Dan Mullan/GettyImages

As "condições" mencionadas pelo clube são os desdobramentos do cardioversor desfibrilador implantável (CDI), um tipo de marca-passo que foi inserido cirurgicamente no coração do meio-campista de 29 anos. A Federação Italiana de Futebol não permite que atletas atuem em competições oficiais com esse aparelho.

Embora o próprio jogador não tenha se manifestado sobre seu interesse em retornar aos gramados, sabe-se que tratativas futuras não estão descartadas. "Importa referir que, no que se refere a esta avaliação, existem incertezas devido à importância da lesão, que poderão levar os administradores a reverem a avaliação do jogador caso surjam novos elementos ou novas evidências até à data".

Christian Eriksen Inter de Milão Série A
Eriksen durante partida da Inter de Milão / Marco Canoniero/GettyImages

"Não é excluído que, no futuro, as perdas ou reduções possam ser realizadas em uma porcentagem significativa em relação ao valor atualmente registrado nas demonstrações financeiras."

Comunicado da Inter de Milão

Vinculado à Internazionale até junho de 2024, o dinamarquês não joga oficialmente desde o dia 12 de junho deste ano, quando sofreu um mal súbito durante partida entre Dinamarca e Finlândia, válida pela Euro 2020. À época, ele precisou ser reanimado ainda no gramado. Caso ele decida retomar sua carreira, qual destino você acredita ser ideal?

facebooktwitterreddit