Champions League

Imprensa espanhola critica decisões de Zidane em queda do Real Madrid: 'Não esteve bem'

Nathália Almeida
Zidane colocou Sergio Ramos na partida 'no sacrifício'
Zidane colocou Sergio Ramos na partida 'no sacrifício' / GLYN KIRK/Getty Images
facebooktwitterreddit

Não podemos negar que o Real Madrid é o grande especialista quando o assunto é noite europeia. Contudo, nesta quarta-feira (5), o 'rei' da Liga dos Campeões foi superado de forma categórica e inquestionável: derrota por 2 a 0 para o Chelsea - gols de Timo Werner e Mason Mount -, resultado que classificou o clube inglês à terceira decisão de Champions de sua história.

Perfeito em seu plano de jogo para o duelo em Londres, o Chelsea foi dono da partida, correndo pouquíssimos riscos durante os 90 minutos e criando chances em profusão. Visivelmente longe de suas condições físicas ideias, o veterano Sergio Ramos, que vinha de um longo tempo de inatividade por motivo de lesão, sofreu demais com as rápidas investidas do ataque azul.

sergio ramos chelsea real madrid champions league
Sergio Ramos fez partida muito ruim em Stamford Bridge / James Williamson - AMA/Getty Images

As escolhas e alterações promovidas por Zidane foram alvo de críticas na imprensa espanhola: "O Madrid caiu nas semifinais da Liga dos Campeões em um mau dia de Zidane na área técnica, em que Hazard e Sergio Ramos não estiveram à altura da chance recebida. Ele ficou sem Ramos e Varane contra o Liverpool e jogou com Militão e Nacho, dupla que funcionou perfeitamente. Ele também chegou às semifinais sem Hazard. Por que insistiu em colocá-los no dia chave? Zidane traiu sua normalidade", publicou o 'Marca'.

Manchester City e Chelsea protagonizarão mais uma decisão 100% inglesa na história da Champions League, contudo, será a primeira vez que estas duas equipes se enfrentarão em uma final europeia. A grande decisão está programada para o dia 29 de maio, em Istambul.

facebooktwitterreddit