Imprensa argentina repercute passeio do Santos sobre o Boca Juniors: 'Espancamento'

Jan 13, 2021, 9:36 PM GMT-3
Diego Pituca
Santos v Boca Juniors - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Coletivo, organizado, consciente e focado em uma missão: continuar contrariando prognósticos e fazendo história. Na noite desta quarta-feira (13), o Santos mais uma vez colocou o coração na ponta da chuteira e não deu chances ao hexacampeão da América, Boca Juniors: vitória indiscutível por 3 a 0, gols de Diego Pituca, Soteldo e Lucas Braga, resultado que garantiu o Alvinegro na grande decisão da Conmebol Libertadores 2020.

Para a imprensa argentina, depois de uma eliminação dolorosa do River Plate no Allianz Parque, as fichas estavam todas depositadas sobre o gigante xeneize. Mas antes mesmo do apito final na Vila Belmiro, o tom dos principais veículos de imprensa locais era de resignação. Na página virtual do jornal 'Olé', periódico de maior circulação na Argentina, uma palavra descreveu o enredo do duelo entre Santos e Boca na Vila: 'Espancamento', publicou o veículo.

Emmanuel Mas, Kaio Jorge
Santos v Boca Juniors - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images

"Boca disse adeus à Copa Libertadores com um lapidário 0-3 no Brasil. A equipe praticamente não apareceu em campo e ainda por cima um jogador foi expulso de forma irresponsável. No sábado, 30 de janeiro, final entre Santos e Palmeiras", escreveu.

Críticas duras ao planejamento do Boca

O periódico foi além na leitura do confronto, tecendo duras críticas aos atletas, à comissão técnica de Miguel Ángel Russo e aos dirigentes: "Jogadores sem a hierarquia que o Boca historicamente exige. Jogadores sem atitude para jogar uma semifinal da Libertadores. Uma equipe sem operação coletiva. Uma equipe que não conseguiu aproveitar sua maior virtude, que é a reação. Um técnico que não a acertou com as mudanças e optou por deixar Cardona no banco. Um elenco que parece ser o mais fraco dos últimos anos, com baixas e sem reforços de nível. Foi assim que houve uma eliminação que pode ser a mais merecida de todas", sentenciou.

facebooktwitterreddit