Palmeiras

Gustavo Scarpa: de criticado à forte candidato ao posto de craque do Brasileirão 2022

Matheus Nunes
O camisa 14 chegou no Verdão em 2018 e se tornou um dos grandes nomes do vitorioso elenco
O camisa 14 chegou no Verdão em 2018 e se tornou um dos grandes nomes do vitorioso elenco / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Gustavo Scarpa vive seus últimos momentos com a camisa do Palmeiras. Já acertado com o Nottingham Forest, da Inglaterra, para a próxima temporada, o meio-campista termina seu ciclo de cinco anos pelo Verdão com mais um título brasileiro, sendo um dos principais protagonistas da conquista.

Contratado pela diretoria palmeirense no ano de 2018, o camisa 14 viveu altos e baixos pelo clube. Logo no início da sua chegada, enfrentou uma batalha judicial com o Fluminense, que lhe rendeu um bom período sem entrar em campo.

No ano seguinte, fez 13 gols em 47 jogos sob o comando de Felipão e Mano Menezes, tendo sua temporada mais goleadora pelo Palestra até aqui. Porém, apesar dos números, ainda não havia chegado no seu auge. Foi seu único ano sem levantar troféus pelo clube.

Com a chegada de Abel Ferreira, em 2020, o meia finalmente conseguiu dar a volta por cima e se tornou ainda mais importante no elenco do Verdão, sendo campeão da Copa do Brasil e da Libertadores. De início, foi escalado como lateral-esquerdo, onde fez bons jogos, agradando e ganhando a confiança do treinador português pela versatilidade.

Em 2021, ainda jogando improvisado, foi o grande garçom do time. Foram 20 assistências para gols, sendo um dos principais destaques de mais uma campanha vitoriosa do Palmeiras na Conmebol Libertadores.

Com o título do Brasileirão deste ano, Scarpa chegou a sua oitava taça pelo Verdão, sendo uma Recopa Sul-Americana (2022), duas Libertadores (2020 e 2021), dois Campeonatos Brasileiros (2018 e 2022), uma Copa do Brasil (2020) e dois Campeonatos Paulistas (2020 e 2022).

De um começo bem abaixo, sendo pouco aproveitado, Gustavo Scarpa chega em 2022 como um dos grandes candidatos a craque da Série A. São 229 jogos, 41 gols marcados e 52 assistências em cinco anos de clube, o que lhe credencia a um dos melhores meio-campistas que já vestiram as cores do Verdão. Vai fazer falta.

facebooktwitterreddit