LaLiga

Griezmann sai do banco e Atlético de Madrid bate o Valencia fora de casa em jogo com polêmicas no VAR

Matheus Nunes
O atacante francês marcou pela segunda vez em LaLiga
O atacante francês marcou pela segunda vez em LaLiga / Quality Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Em um jogo bastante pegado, o Atlético de Madrid levou a melhor e venceu o Valencia por 1 a 0, no Estádio de Mestalla, no fechamento da 3ª rodada de LaLiga. O gol foi de Antoine Griezmann, que começou no banco de reservas.

A partida teve muitas faltas e importantes interferências do VAR. Aos 22 minutos do primeiro tempo, Musah acertou o lindo chute de fora da área e estufou a rede. Porém, o gol foi anulado porque na origem da jogada, o árbitro de vídeo identificou falta de Dyakhabi em João Félix.

Aos 39, a equipe da cabine chamou novamente Guillermo Cuadra Fernández ao monitor após ele apresentar o cartão vermelho para Thierry Correia em disputa com Álvaro Morata. Após rever o lance a arbitragem apenas advertiu o lateral do Valencia com o amarelo.

O gol veio apenas no segundo tempo. Aos 19 minutos, Simeone chamou Griezmann e Lemar, que mudaram os rumos da partida. Com apenas dois minutos em campo, na sua primeira finalização, o atacante francês recebeu passe do seu compatriota e acertou chute fora da área, sem dar chances para o o goleiro Giorgi Mamardashvili, que aliás evitou uma goleada. Foi o segundo gol do camisa 8 começando na reserva nesta edição de LaLiga.

O Atleti ainda teve chances de ampliar, com Griezmann, mas o atacante preferiu finalizar a tocar para o brasileiro Matheus Cunha, que estava livre dentro da área, e então o goleiro do Valencia novamente defendeu.

Mesmo com uma posse de bola menor, os visitantes conseguiram chegar com mais perigo e conquistaram três pontos importantes para a sequência da competição, somando seis e pulando para a 6ª posição. Por outro lado, o Valencia segue com três pontos, em 14º lugar.

facebooktwitterreddit