Grémio

Grêmio quer antecipar planejamento, e futuro de Renato deve ser definido antes das finais da Copa do Brasil

Fabio Utz
Feb 18, 2021, 11:30 AM GMT-3
Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

Renato Portaluppi fica ou não fica no Grêmio em 2021? Esta é a dúvida que paira sobre a Arena. No entanto, se antes a discussão do assunto estava protelada para após o término da Copa do Brasil (os jogos contra o Palmeiras, que decidem o título, ocorrem nos dias 28 de fevereiro e 07 de março), agora a mesma deve ser adiantada. Ao menos foi o que revelou o vice de futebol Paulo Luz à Rádio Gaúcha.

O tema será tratado, exclusivamente, pelo presidente Romildo Bolzan Júnior, que já deixou claro o seu desejo de contar com o treinador. Restaria saber, claro, a vontade de Renato. "Pela urgência que sabemos que existe, o presidente Romildo antecipará a conversa, tendo os cuidados que temos que ter. Nosso sentimento é de continuidade, mas é uma via de duas mãos, depende do Renato também", disse o dirigente. Segundo Luz, a conversa ajuda no planejamento tricolor para a próxima temporada, seja com a permanência do treinador ou com a necessidade de buscar um outro profissional no mercado.

No momento, o que se fala é de um forte interesse do Atlético-MG na contratação de Renato, que recebe cerca de R$ 1,2 milhão por mês em Porto Alegre e seguiria no mesmo patamar em Belo Horizonte. Recentemente, o técnico deixou claro que o clube gaúcho precisa investir mais se quiser lutar por títulos de expressão. No Galo, ao que tudo indica, dinheiro não é problema, e as contratações do atacante Hulk e do meia Nacho Fernández apenas exemplificam a diferença de patamar.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit