Copa do Brasil

Grêmio 'ganha' Darlan em vitória que contou também com fim do jejum de Ricardinho

Fabio Utz
Darlan e Ricardinho se destacaram no Barradão
Darlan e Ricardinho se destacaram no Barradão / Maurí­cia da Matta/W9 Press/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Nada para o Grêmio, neste momento, é mais importante do que escapar do rebaixamento. Porém, a Copa do Brasil se colocou em meio ao calendário do Tricolor, que, mesmo em penúltimo lugar na Série A, precisava se impor diante de um rival que tem pontuação de vice-lanterna na Série B. Foi o que o time fez, e o 3 a 0 sobre o Vitória serviu, ao menos, para "tirar a zica" de Ricardinho e mostrar que Darlan, há muito pedido pela torcida, tem, sim, condições de virar titular.

O atacante, que foi uma das boas notícias do início de temporada, vivia um período bastante ruim. Não balançava as redes desde o início de junho (13 partidas) e acumulava alguns erros um tanto quanto imperdoáveis - já estava marcado por perdes gols, por exemplo, contra Internacional, Brasiliense, LDU e América-MG. Porém, conseguiu aproveitar uma bola rebatida dentro da área para colocar para dentro e celebrar um tento pela nona vez em 2021.

Na comemoração, ele próprio fez sinais de que jogava para longe a fase ruim. No entanto, precisou de longos oito minutos para respirar aliviado. Sim, foi esse tempo que o VAR demorou para validar a abertura do placar. A informação, inclusive, é de que um eventual impedimento do centroavante não foi possível de ser auferido através das chamadas linhas da tecnologia por conta das imagens disponíveis.

A partir disso, não haveria nada de muito novo se não fosse Darlan. Escalado ao lado de Jean Pyerre no meio-campo, o volante foi, disparado, o melhor da partida. Garantiu, intensidade, mobilidade e volume ao Grêmio, tanto que foi o responsável por pressionar a saída de bola baiana no início do segundo tempo e tocar de cabeça para Ricardinho, que deu para Léo Pereira ampliar - Diogo Barbosa, nos acréscimos, ainda faria mais um com total facilidade. Talvez este lance, que encaminhou a vitória azul, sirva para mostrar que formações equilibradas e não tão fechadas possam ajudar o clube na caminhada no Brasileirão. Afinal, o torcedor sabe que nomes como Lucas Silva, Bruno Cortez e Alisson, que também atuaram nesta terça-feira, são "mais do mesmo" neste momento de absoluta pressão. Na próxima terça-feira, em Porto Alegre, ocorre o duelo de volta valendo vaga às quartas de final do torneio nacional.

Para mais informações do Grêmio, clique aqui.

facebooktwitterreddit