Grêmio

Grêmio coloca Douglas Costa em programa específico de treinos para evitar nova sequência de lesões

Fabio Utz
Atacante deve estrear no mês de junho
Atacante deve estrear no mês de junho / Handout/Getty Images
facebooktwitterreddit

Se nos seus últimos anos Douglas Costa sofreu com uma sequência de lesões, o Grêmio, desde que iniciou as negociações para repatriar o atacante, mostrou preocupação com esta situação. No contrato, incluiu cláusulas de produtividade, de acordo com a utilização do atleta. Além disso, já coloca o profissional em um programa específico para evitar problemas físicos.

Com a estreia muito provavelmente ocorrendo ainda no mês de junho, o Tricolor preparou um protocolo a ser seguido pelo camisa 10 durante os treinamentos. E o mesmo precisa ser levado de forma bem rígida. Sua rotina, no momento, é basicamente voltada para o aperfeiçoamento de sua condição, embora algumas atividades com bola sejam permitidas. "A gente detectou onde foram as lesões e estamos fazendo trabalhos físicos específicos para deixar ele bem, principalmente nas musculaturas onde teve lesão. No campo, trabalho de velocidade, agilidade, mobilidade, mudança de direção", disse, ao Uol Esporte, o preparador físico Reverson Pimentel.

Douglas Costa tinha casamento marcado para esta terça-feira, com posterior lua-de-mel na República Dominicana. No entanto, por conta da pandemia de coronavírus, os festejos foram adiados. Isso não significa, porém, que ele estará liberado mais cedo para o técnico Tiago Nunes. Ah, e quando isso acontecer, ninguém pode achar que o jogador poderá ficar sempre à disposição. Depois de 11 anos de Europa, é necessário adaptá-lo novamente à pesada rotina do futebol brasileiro.

"Como se faz isso? A princípio, ir colocando ele (para jogar). Exemplo básico: se jogou 90 minutos na quarta, não joga 90 no domingo. Vai jogar no domingo 30, 45. Vai controlando minutagem e controlando trabalhos pós-jogo, treinos preventivos. Numa semana faz 90, na outra 120, 150, 170 e até 180 minutos, que dá os dois jogos na semana. Aí pode evoluir para dois jogos e meio ou mais", completou Pimentel. Nesta quarta, ainda sem o reforço, o Grêmio estreia na Copa do Brasil diante do Brasiliense, na Arena.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit