Opinião

Gre-Nal 433: os piores em campo no empate entre Grêmio e Internacional

Nathália Almeida
Grêmio e Internacional fizeram clássico de raras emoções
Grêmio e Internacional fizeram clássico de raras emoções / Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

Afundados na tabela de classificação e sem conseguir engrenar boas partidas no Brasileirão, Grêmio e Internacional se enfrentaram, na tarde deste sábado (10) na Arena, tendo a vitória como "obrigação". O peso da responsabilidade, no entanto, acabou culminando em mais um clássico engessado, pesado, de inspiração quase zero dos dois lados.

O jeito que encontramos de repercutir esse Gre-Nal 433 não é dos mais tradicionais, mas dialoga bem o momento vivido pelos dois rivais, que somam apenas duas vitórias (combinadas) em 20 partidas disputadas na Série A: ao invés de listarmos os destaques do clássico, listaremos os piores em campo. E não foi fácil escolher só cinco...


1. Alisson (Grêmio)

Alisson
Alisson já não consegue render com a camisa tricolor / Pool/Getty Images

Não consegue dar sequência em jogadas, não tem mais a explosão de outrora e parece totalmente desconectado com o momento atravessado pelo Grêmio. Mais uma atuação muito abaixo da média do atacante.

2. Edenílson (Internacional)

Edenilson
Edenilson participou pouco do jogo do Inter / Miguel Schincariol/Getty Images

Participou pouco da criação ofensiva do Internacional no clássico. Tem potencial para jogar e entregar muito mais do que vimos hoje na Arena do Grêmio. Errou passes que não costuma errar.

3. Bruno Cortez (Grêmio)

Bruno Cortez
Ciclo de Cortez parece ter chegado ao fim / Lucas Uebel/Getty Images

Mais uma atuação comprometedora do experiente lateral-esquerdo, um dos mais "cornetados" (com justiça!) pela torcida tricolor. Praticamente todos os lances de perigo do Inter nasceram em seu setor.

4. Thiago Galhardo (Internacional)

Diego Aguirre, Thiago Galhardo
Galhardo parece fora de sintonia / Silvio Avila/Getty Images

Galhardo parece totalmente fora de sintonia no Internacional. Entrou no decorrer do segundo tempo e conseguiu desperdiçar boa oportunidade, passando longe de repetir aquela versão "letal" que vimos dele em 2020.

5. Douglas Costa (Grêmio)

Douglas Costa
Douglas Costa ainda não conseguiu fazer um bom jogo / Silvio Avila/Getty Images

Ainda estamos esperando a primeira grande exibição do atacante desde seu retorno ao Grêmio. Nitidamente fora de forma, perdeu divididas e segue sem conseguir competir com seus rivais no aspecto físico do jogo.

facebooktwitterreddit